Especialidades

10/01/2016 07:00 - Atualizado em 19/11/2016 11:30

Recorrência de amidalite pode exigir cirurgia

Inflamação nas amídalas costuma acontecer quando ocorre uma baixa na imunidade do organismo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Garganta dolorida, dificuldade de engolir e febre são sinais de amidalite. Essa doença infecciosa compromete a saúde das amídalas, um sistema de defesa do organismo. O problema pode ser causado tanto por vírus, quanto bactérias.

Apesar de ser considerado uma doença comum, quando o quadro se apresenta constantemente, é preciso estar atento ao tratamento escolhido. Se em alguns casos os antibióticos são suficientes, para outros a cirurgia acaba sendo a melhor alternativa.

Entenda a amidalite

As amídalas estão localizadas na parte superior da garganta, e a sua função é defender o organismo. Agem retendo bactérias, vírus e fungos e impedindo que eles entrem no organismo.

No entanto, especialmente quando a pessoa está com a imunidade mais baixa, esses agentes acabam causando inflamações na própria região, resultando na amidalite.

Amidalite

Aquelas pessoas que costumam sofrer com a infecção constantemente acabam entrando em uma espécie de ciclo vicioso. Isso porque quando a doença é mais recorrente, acaba ocorrendo uma alteração no formato das amídalas, deixando os poros com mais relevo e mais dobras, que facilitam o acúmulo de vírus e bactérias.

As crianças são as principais acometidas pela amidalite, tanto porque as amídalas ainda estão em crescimento, quando porque seu sistema imunológico ainda não está completamente formado, sendo menos forte que o dos adultos. A época de frio, em especial, favorece a infecção, justamente pela baixa nas defesas do organismo.

No passado, a intervenção cirúrgica era mais popular. No entanto, com os avanços da medicina, acabou se tornando alternativa apenas para casos de amidalites muito recorrentes - cerca de cinco vezes ao ano.

Apenas um otorrinolaringologista poderá avaliar a necessidade do procedimento cirúrgico, levando em conta o tamanho do inchaço e o grau infeccioso. Em outros casos, a administração de antibióticos acaba sendo suficiente para conter a inflamação.

Saiba Mais
Amidalite pode causar hálito com cheiro de queijo
Descubra se retirar amígdalas pode reduzir dores na garganta
Da faringite à apneia: Conheça as causas da garganta seca

Como prevenir a amidalite

A prevenção da amidalite não é tão simples, especialmente entre as crianças que acabam expostas a diversos vírus e bactérias ao longo do dia. No entanto, a maneira mais eficaz de minimizar as chances de sofrer com a infecção é aumentando as defesas do organismo. Para fazer isso, hábitos saudáveis devem fazer parte do seu dia a dia.

Alimentação equilibrada

Um cardápio variado, rico nos mais diversos nutrientes, é uma forma de prevenir a amidalite. Frutas, legumes e alimentos integrais e orgânicos ajudam a manter o bom funcionamento do organismo, além de fortalecer o sistema imunológico.

Tome muito líquido

A ingestão de água e sucos naturais é uma maneira eficaz de driblar problemas como a amidalite. Além beneficiar todo o organismo e mantê-lo fortalecido, os líquidos também contribuem para hidratar as mucosas, aumentando sua resistência.

Evite ambientes fechados

Especialmente na época de inverno, é importante evitar ambientes muito fechados onde a transmissão de vírus e bactérias é ainda mais frequente. O ideal é sempre uma porta ou janela aberta.

Você já teve amidalite? Com qual frequência você costuma sofrer com o problema? Comente e continue conferindo as dicas de saúde do Vivo Mais Saudável.

TAGS
saúde
garganta
frio

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ