Especialidades

29/07/2015 02:01 - Atualizado em 27/11/2016 05:43

Pesquisas buscam a cura da doença de Ménière

A síndrome é rara e possui causas ainda desconhecidas, mas alguns tratamentos ajudam a controlar os sintomas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Você já ouviu falar em doença de Ménière? Sentir zumbidos no ouvido, tontura e desequilíbrio são sinais do problema. Apesar de ser uma doença crônica e causar a perda parcial ou total da audição, no longo prazo, a condição pode ser tratada para que os sintomas sejam controlados.

Atualmente, não há cura para a doença, mas pesquisas estão sendo feitas no mundo todo para definir as reais causas do problema e desenvolver um tratamento eficaz. Com isso, será possível proporcionar mais qualidade de vida para os pacientes, que têm suas atividades cotidianas prejudicadas por conta dos sintomas da patologia.

Entenda o que é a doença de Ménière

Também chamada de síndrome de Ménière, a doença é caracterizada pelo aumento do volume de endolinfa, líquido do sistema auditivo que é responsável por manter o equilíbrio do corpo, tanto parado quanto em movimento. Essa alteração causa zumbido no ouvido, vertigem, diminuição da audição e sensação de ouvido entupido.

doenca de meniere

Considerada crônica, a doença de Ménière pode provocar a perda parcial ou total da audição de forma permanente. As causas ainda não são confirmadas, mas alguns fatores que contribuem para o problema são infecções, traumas cranianos, enxaqueca, alterações do sistema imunológico, variações anatômicas do ouvido interno e predisposição genética.

A doença de Ménière afeta a vida dos pacientes de diferentes formas, pois, como não é possível prever quando acontecerá uma crise, as pessoas não sabem quando estarão dispostas para trabalhar, dirigir ou apenas sair de casa sem riscos. Os sintomas se agravam com o tempo e as tonturas podem provocar até mesmo a perda da consciência.

Os tratamentos disponíveis são feito por meio de medicamentos para aliviar os sintomas e de restrição alimentar, diminuindo o consumo de sódio. Acredita-se que a substância possa afetar o volume do líquido presente no sistema auditivo.

Pesquisas buscam tratamentos mais eficazes

Segundo o Instituto Nacional de Surdez e Outros Distúrbios de Comunicação (National Institute on Deafness and Other Communication Disorders), dos Estados Unidos, 615 mil pessoas vivem com a doença de Ménière naquele país. Cerca de 45 mil novos casos são diagnosticados a cada ano.

Para proporcionar mais qualidade de vida a essas pessoas, e até mesmo a cura, algumas pesquisas são realizadas.

Na Universidade Regente da Georgia, também nos Estados Unidos, testes são feitos através de uma terapia que busca combater o impacto que o estresse tem sobre as pessoas com sensibilidade ao sal. A hipótese é que situações de estresse contribuam para desencadear crises da doença, juntamente com o consumo de sódio.

Outros estudos são realizados em vários lugares do mundo para esclarecer as causas e os fatores de risco da doença de Ménière, a fim de facilitar o diagnóstico e a busca por um tratamento efetivo.

Tirou suas dúvidas sobre a síndrome? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir as dicas de saúde e bem-estar do Vivo Mais Saudável.

TAGS
síndrome de Ménière
tontura
zumbido no ouvido
doença crônica

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ