Especialidades

09/12/2015 11:17 - Atualizado em 02/12/2016 01:26

Manchas brancas na pele não precisam estragar o seu verão

O problema pode ser causado por diversos fatores e sempre merece atenção.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Elas podem aparecer sem motivo aparente e comprometer tanto o visual quanto a saúde. Temidas principalmente durante o verão, as manchas brancas na pele podem ser causadas por diferentes fatores.

O médico dermatologista Geraldo Magela Magalhães, membro do departamento de Cosmiatria Dermatológica da Sociedade Brasileira de Dermatologia, conversou com o Vivo Mais Saudável e tirou algumas dúvidas sobre o problema. Confira.

médica e paciente analisam exame de manchas brancas

Causas para as manchas brancas na pele

As manchas brancas representam um espectro das alterações da cor da pele caracterizadas pela diminuição ou ausência de pigmento. "A diminuição da pigmentação chama-se hipocromia e a ausência, acromia", explica Dr. Geraldo.

As hipocromias e as acromias podem ser localizadas ou generalizadas, congênitas ou adquiridas. Cada distúrbio de pigmentação apresenta características específicas. Confira abaixo alguns deles.

Vitiligo

É uma dermatose na qual surgem manchas acrômicas no corpo, em geral bilaterais e simétricas. Elas decorrem da diminuição ou da ausência de melanócitos na pele. A causa é desconhecida. Vários medicamentos de uso tópico, fototerapia, raios laser e procedimentos cirúrgicos podem ser utilizados na tentativa de estabilizar a doença e produzir a repigmentação.

Inflamações

A pigmentação pode ser alterada por procedimentos ou processos inflamatórios que acometam a pele. Quando acontece redução da pigmentação, há as chamadas hipocromias ou acromias residuais pós-inflamatórias ou pós-procedimentos. O tratamento é realizado com medicamentos ou técnicas que estimulem a pigmentação das manchas brancas.

Leucodermias

As leucodermias gutatas são manchas acrômicas ou hipocrômicas, arredondadas, de cerca de poucos milímetros de diâmetro. Elas ficam localizadas principalmente nos braços e nas pernas de pacientes de pele clara e surgem a partir da quarta década de vida.

A exposição crônica à radiação ultravioleta do sol pode ser um fator relacionado ao surgimento dessa dermatose. Alguns procedimentos podem ser realizados na tentativa de repigmentação dessas manchas, mas os resultados são variáveis.

Saiba Mais
Ácido azelaico age contra acne e manchas de pele
Passo a passo: Como limpar a pele de verdade
Você tem a pele envelhecida? Faça o teste e descubra

Procurar um dermatologista é fundamental

Segundo Dr. Geraldo, qualquer paciente que apresente alterações da cor da pele deve ser examinado por um dermatologista. Esse é o profissional médico apto a diagnosticar e tratar essas enfermidades. Como há uma grande variedade de manchas brancas que podem surgir, relacionadas a diferentes causas, as consequências também podem ser diversas.

Além disso, lembrem-se que o uso do filtro solar deve ser diário, e não somente nos dias de férias no litoral. O produto não só ajuda a manter a pele saudável, como evita o envelhecimento precoce.

Outro hábito que reflete diretamente na saúde da pele é a alimentação. Procure incluir em seu cardápio diferentes fontes de nutrientes e manter-se hidratado. Dessa forma, você desfruta de mais beleza e, ainda, fortalece seu organismo.

Você possui manchas brancas na pele? Já procurou ajuda médica? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
manchas de pele
dermatose
acromia
hipocromia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ