Especialidades

18/08/2015 08:10 - Atualizado em 07/12/2016 02:00

Doença de Behçet: Inflamação dos vasos sanguíneos não tem cura

Os sintomas da doença variam de acordo com a região do corpo afetada.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A doença de Behçet, também conhecida como síndrome de Behçet, é uma desordem rara do organismo, que provoca a inflamação das paredes dos vasos sanguíneos de todo o corpo. Os sintomas variam de acordo com a região afetada, que pode ser os olhos, a pele, os genitais, as articulações, o cérebro, o sistema digestivo, entre outros.

As causas ainda não são conhecidas e não há cura para o problema, mas, com tratamentos direcionados, é possível controlar a doença e evitar complicações.

Entenda o que é a doença de Behçet

A doença de Behçet causa uma inflamação generalizada em todos os vasos sanguíneos do corpo. Essa desordem rara não possui causas comprovadas, mas pode fazer parte do grupo de doenças autoimunes, em que o corpo ataca por engano algumas de suas células sadias.

doenca de behcet homem no consultorio medico

Alguns fatores genéticos e ambientais contribuem para o desenvolvimento da doença. Acredita-se também que infecções por vírus ou bactérias possam desencadear a desordem em pessoas predispostas. Tanto homens quanto mulheres podem ser afetados, geralmente entre os 20 e os 30 anos, tendendo ser mais grave no sexo masculino.

Os sintomas da doença de Behçet variam de acordo com cada pessoa e também com a parte do corpo afetada, podendo desparecer e reaparecer espontaneamente. As regiões mais comuns são a boca, a pele, os genitais, os olhos, as articulações, os vasos sanguíneos, o cérebro e o sistema digestivo.

Quando surge na boca, por exemplo, os sinais apresentados são feridas arredondadas que logo se tornam ulceradas. Elas geralmente desaparecem em até três semanas, mas podem reaparecer. Já na pele, as lesões têm aparência variada e afetam principalmente os membros inferiores. Nos genitais, surgem alterações na vulva ou no escroto, como forma de ulcerações avermelhadas.

Nos olhos, pode causar uveíte, uma doença inflamatória que pode comprometer totalmente a úvea ou uma de suas partes (íris, corpo ciliar e coroide). Nas articulações, geralmente ocorre inchaço e dor, principalmente nos joelhos, nos punhos, nos cotovelos e nos tornozelos.

Nos vasos sanguíneos, ocorre inflamação das veias e das grandes artérias, que podem produzir um coágulo sanguíneo.

A maioria dos sinais da doença de Behçet é causada por vasculite, ou seja, a inflamação da parede dos vasos sanguíneos. No sistema digestivo, provoca sintomas como dor, diarreia e sangramento. No cérebro, a doença causa inflamação do sistema nervoso, podendo levar a dores de cabeça, febre, desorientação, desequilíbrio ou até mesmo acidente vascular cerebral.

Tratamentos e controle da doença

A doença de Behçet ainda não possui cura, e os tratamentos buscam controlar os sintomas e evitar complicações, que variam dependendo da região afetada. Quando a inflamação ocorre nos vasos sanguíneos da retina, por exemplo, pode causar até mesmo a cegueira. Uma inflamação de grande calibre nas artérias pode levar a aneurisma, estreitamento ou bloqueio total dos vasos.

Para prevenir esses agravamentos, são receitadas medicações - que podem ser tomadas apenas em períodos de crise, ou então permanentemente, dependendo da gravidade do caso. Cremes para a pele, colírios para os olhos, soluções bucais e outros produtos podem ser usados para sintomas individuais.

Você já tinha ouvido falar nessa doença? Lembre-se que adotar um estilo de vida saudável é a melhor maneira de prevenir complicações de saúde. E não esqueça de conferir outras dicas para o seu bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
inflamação
doença autoimune
articulações
vasos sanguíneos

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ