Especialidades

30/12/2015 03:00 - Atualizado em 08/12/2016 01:50

Do-in pode curar dores de cabeça e cólicas

Além de prática e fácil, a técnica pode ser feita em casa, por você mesmo, para aliviar uma série de problemas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Ao sentir uma dorzinha em alguma parte do corpo, é comum instintivamente apertarmos a região na tentativa de amenizar o incômodo, não é mesmo? Essa pressão em certos pontos do corpo é conhecida como do-in, ou automassagem. A técnica é facilmente aplicada e pode ser feita pela própria pessoa como método terapêutico.

A prática não possui nenhuma contraindicação e pode ajudar no tratamento de diversos males, como dores de cabeça, dores de garganta, dores de barriga, enjoos, prisão de ventre, cólicas menstruais e outros incômodos.

Do-in

Benefícios do do-in

O do-in é uma técnica chinesa de automassagem baseada na Medicina Tradicional Chinesa (MTC) e utiliza os mesmos pontos que são trabalhados na acupuntura. Com a pressão da ponta dos dedos nos pontos dos meridianos corporais, a prática busca tratar as dores que surgem no dia a dia, sedando ou estimulando tais pontos, para equilibrar o fluxo de energia.

O desequilíbrio do fluxo energético em determinado ponto do corpo pode gerar um excesso ou uma deficiência de energia (Qi), provocando diversos problemas de saúde. Ao dispersar essa energia estagnada, o órgão afetado se acalma, ocorrendo o que é chamado de sedação. A automassagem também ajuda na tonificação, que leva a energia para o local afetado, ativando o ponto deficiente e permitindo que ele se reanime.

Saiba Mais
Acupuntura pode ensinar como respirar corretamente e melhorar sua saúde
Veja como adotar a acupuntura para emagrecer
Acupuntura ajuda no combate ao estresse

Em um corpo saudável, a energia Qi circula livremente e em equilíbrio. Quando um determinado órgão não está funcionando corretamente, os pontos que correspondem a ele ficam doloridos, devido ao acúmulo ou ausência de energia. O do-in restabelece o fluxo enérgico, ajudando os órgãos a se manterem saudáveis.

Os principais objetivos do do-in são a sedação, que consiste em pressionar profunda e continuamente um determinado ponto durante cinco minutos, e depois a tonificação ou estimulação, que consiste em pressionar repetidamente determinado ponto em intervalos de um segundo, durante alguns minutos, permitindo que a energia volte a circular no local.

Abaixo, veja alguns dos principais pontos de aplicação:

Do-in Foto: Shutterstock

Como aplicar a técnica

O do-in pode ser feito todos os dias ou sempre que necessário, quando sentir qualquer sinal de desconforto ou dor em determinado ponto.

Para fazer a técnica, primeiro é indicado sentar-se numa posição confortável e respirar profunda e lentamente por alguns minutos. Em seguida, com a mão em forma de concha, dê leves batidinhas pelos braços e pernas em todas as suas extensões, para ajudar a ativar os meridianos. Massageie suavemente os dedos das mãos e dos pés, girando-os e dando leves puxões em cada um, para ativar as energias das extremidades.

Após isso, o corpo estará pronto para receber a massagem. Caso sinta um desconforto, continue suavemente no ponto, pois isso quer dizer que há realmente um problema no local e ele precisa ser tratado. 

Não esqueça, no entanto, que essa técnica não substitui uma consulta ao médico. Entendeu um pouquinho mais sobre o do-in? Compartilhe e comente!

TAGS
massagem
desconforto
acupuntura
técnica

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ