Especialidades

21/10/2015 09:44 - Atualizado em 06/12/2016 10:25

Alerta para possível surto de dengue em 2016

Ministério da Saúde afirma que houve uma alteração no padrão da doença.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A grande quantidade de casos do último inverno alerta para um possível surto de dengue em 2016. Ao contrário do ano passado, quando o número de pessoas infectadas com o vírus chegou a quase zero durante a estação mais fria, em 2015 a doença se espalhou pelo Brasil inteiro.

Os estados da região Nordeste e São Paulo foram as áreas que mais registraram casos de dengue. Segundo o Ministério da Saúde, isso mostra que pode ter ocorrido uma alteração no padrão da doença.

menina com febre vítima do surto de dengue

Possibilidade de um surto de dengue

O clima em 2015, marcado por longos períodos de chuva intercalados com calor, favoreceu a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Segundo o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, considerando os registros de 4 de janeiro até o dia 29 de agosto de 2015, foram 693 mortes por dengue confirmadas no Brasil. Esse é o número mais alto desde 1990, quando os dados começaram a ser registrados. O número atual é 70% maior que o mesmo período no ano passado. O recorde anterior foi em 2013, com 674 vítimas.

Saiba Mais
Saiba como prevenir a dengue sem sair de casa
Entenda como tratar a dengue e prevenir o contágio
Dengue na gravidez pode infectar o bebê

Ainda sobre os primeiro oito meses do ano, há registros de 1,4 milhão de casos de dengue, sendo 1.284 considerados graves. Mais da metade de todas as vítimas (58%) viviam em alguma cidade paulista. O estado de São Paulo registrou, apenas em 2015, 667,5 mil ocorrências. Goiás é o segundo estado com maior número de óbitos (67), seguido pelo Ceará (50) e por Minas Gerais (47).

info surto de dengue

Como evitar um surto de dengue

As medidas preventivas são fundamentais para impedir um possível surto de dengue no próximo ano. É dever de todos zelar pela saúde da população e evitar ações que contribuam para a proliferação do mosquito transmissor. Confira abaixo dicas simples, mas muito importantes para ajudar no combate:

1. Não deixe água acumular em caixas d'água, pneus e tonéis

2. Descarte o lixo na lixeira e mantenha-a sempre bem fechada

3. Não jogue lixo no chão, nem em terrenos. Além da dengue, esse é um hábito que causa outras complicações ao meio ambiente

4. Preencha os pratos de vasos de flores com areia, inclusive no cemitério

5. Limpe calhas com frequência. Galhos e outros itens podem dificultar a passagem de água

6. Lave semanalmente vasos com plantas aquáticas e troque a água com frequência, evitando o acúmulo por longos períodos.

Em caso de sintomas como febre com início súbito, forte dor de cabeça, dor nas articulações, cansaço extremo e náuseas, procure ajuda médica imediatamente.

O que você faz para evitar um surto de dengue? Alerte amigos e familiares sobre a importância da prevenção e ajude a erradicar a doença! Aproveite e confira também outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
epidemia de dengue
sintomas
prevenção
Aedes aegypti

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ