Especialidades

26/04/2015 08:22 - Atualizado em 09/12/2016 09:05

Ajude no combate à hipertensão mudando seu estilo de vida

Uma das principais maneiras de prevenir a doença é adotar hábitos alimentares saudáveis.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Em 26 de abril é comemorado o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, que visa a conscientizar a população sobre a importância de evitar e controlar a doença. A o problema é relevante no Brasil, atingindo 21,4% da população, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde 2013 (PNS), feita pelo IBGE.

Além de informar dados, a data também serve para desenvolver ações e divulgar dicas de combate à hipertensão, para conquistar uma vida mais saudável. Com mudança de hábitos alimentares e meios para sair do sedentarismo, é possível diminuir consideravelmente os índices da doença.

combate a hipertensao

Importância do combate à hipertensão

De acordo com os dados do Ministério da Saúde, os problemas cardiovasculares já são responsáveis por cerca de 300 mil mortes anuais no Brasil. E 80% dos casos de derrame cerebral e 60% dos casos de ataque cardíaco registrados no país são desencadeados pela hipertensão arterial.

Também conhecida como pressão alta, a hipertensão é caracterizada pelo estreitamento das artérias, que exige que o coração bombeie o sangue com mais força para impulsioná-lo a todo o organismo e depois recebê-lo de volta. Isso acaba dilatando o coração, danificando as artérias e contribuindo para a ocorrência de ataques cardíacos e derrames cerebrais.

Segundo o Dr. Maurício Rodrigues Jordão, cardiologista do Hospital Samaritano de São Paulo, existem vários fatores de risco para a doença. “O perfil do hipertenso típico é uma pessoa com excesso de peso, com consumo abusivo de sal e álcool, sedentário e com uma história familiar de hipertensão”, destaca.

Além disso, altos níveis de estresse, obesidade e diabetes também contribuem para o desenvolvimento da doença. A hipertensão pode acometer crianças, adolescentes, adultos e idosos de ambos os sexos. É mais comum entre as mulheres após os 65 anos de idade, mas, entre os jovens, atinge mais os homens.

O combate à hipertensão deve ser feito, principalmente, por meio da mudança dos hábitos alimentares e com uma rotina de atividades físicas. Evitar alimentos gordurosos e ricos em sal é o primeiro passo. Além disso, na maioria dos casos, também é necessário que o paciente faça uso de medicamentos vasodilatadores.

Dicas de combate à hipertensão

A doença é silenciosa e os sintomas costumam se manifestar apenas nos estágios finais. Por conta disso, 50% dos hipertensos no Brasil ainda não sabem que têm o problema. Esse é mais um motivo para fortalecer o combate à hipertensão e para que todos busquem uma vida mais saudável.

Uma das dicas do Dr. Maurício Rodrigues Jordão para o combate à hipertensão é mudar os hábitos alimentares desde a infância. “Recomenda-se uma dieta saudável caracterizada pelo consumo controlado de sódio e álcool, aumento da ingestão de potássio, magnésio e cálcio através de verduras, legumes e frutas”, explica.

Outras formas de controlar a doença são medir a pressão regularmente, principalmente na terceira idade, além de praticar atividades físicas e adotar um estilo de vida saudável. Para fazer o controle do peso, é indicado ainda ter um acompanhamento médico, realizar exames periodicamente e consultar nutricionistas para ter uma alimentação adequada para cada caso.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça que você sempre encontra novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
pressão
obesos
alimentação
sedentarismo

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ