Criança

01/03/2016 04:00 - Atualizado em 09/12/2016 04:07

Veja como tratar pele seca em crianças

O quadro geralmente é resultado de uma dermatite atópica.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Desconfortável tanto em adultos quanto em crianças, a pele seca é um problema dermatológico que precisa ser combatido e prevenido diariamente. Esse distúrbio pede o uso de hidratantes específicos e de outros cuidados.

Para acabar com as suas dúvidas sobre o assunto, o Vivo Mais Saudável conversou com o médico Hélio Miguel Lopes Simão, da área de Alergia, Imunologia e Reumatologia da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS). Confira como tratar e prevenir a pele seca no seu filho.

criança com pele seca vai ao pediatra

Causas da pele seca em crianças

A maioria dos casos de pele seca infantil é diagnosticada como dermatite atópica. Essa alteração acarreta um grau extremo de ressecamento da pele, podendo, inclusive, apresentar descamação. “A criança tem coceira que leva a um desconforto e dificuldade para realizar as atividades diárias”, explica o médico.

A alergia de pele, de acordo com Simão, pode ser causada devido a uma herança genética multifatorial. Em muitas situações, há outros familiares de primeiro grau com quadros de alergia, seja dermatológica, respiratória ou alimentar. “É recomendável a identificação precoce para que se faça uma prevenção e o manejo adequado”, alerta.

Após o diagnóstico, o pediatra irá recomendar medidas preventivas gerais. Elas incluem cuidados específicos para diminuir o contato com produtos irritantes. Confira algumas precauções:

- Não use sabão em pó, amaciantes ou alvejantes para lavar roupas de vestuário, cama e banho; a melhor opção ainda é o sabão de glicerina

- Prefira roupas de algodão; sempre retire as etiquetas e realize diversos enxágues após a compra para remover os produtos conservantes

- Vista o pequeno com peças claras, que ajudam a controlar a alergia causada pelos corantes utilizados nos tecidos

- Escolha produtos de higiene hipoalergênicos

- Evite banhos de imersão em banheira ou piscina; o contato prolongado da pele seca com a água pode piorar o quadro de alergia.

Tratamento para a pele seca

Usar cremes hidratantes especiais é um dos principais cuidados. “Eles são emolientes e contêm quantidades adequadas de lipídios, que são os componentes que faltam na pele da criança alérgica”, explica Simão. Substâncias como ceramidas, ácidos graxos e gotículas de gordura também podem fazer parte da composição desses produtos.

Antes de ir para a farmácia e sair comprando diversos cremes, lembre-se de entrar em contato com o pediatra de seu filho. Somente ele poderá indicar o cosmético mais adequado para o tratamento e a melhora dos sintomas. “Muitas formulações de hidratantes comerciais podem causar irritação ou piora da pele”, adverte o médico.

Para garantir bons resultados e a recuperação do aspecto saudável da pele, basta apostar na combinação das medidas preventivas e do uso de cremes emolientes. “O grande aliado da pele saudável é a informação correta dos familiares e os autocuidados da criança”, resume o médico.

Viu como tratar a pele seca da criança é simples? Conte para nós o que você achou do artigo! Aproveite para compartilhar as informações com seus seguidores nas redes sociais. E não se esqueça de acompanhar outras novidades de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
dermatite
alergia
pele infantil
hidratante

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ