Criança

03/04/2015 05:12 - Atualizado em 08/12/2016 08:45

Veja como é o desenvolvimento do feto a cada mês da gestação

Da fecundação ao parto, saiba como funciona o crescimento do bebê dentro da barriga da mãe.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Durante aproximadamente 40 semanas, acontece o desenvolvimento do feto na barriga da mãe. Em cada período de 30 dias, ele completa uma etapa diferente de sua formação. Cada mês é fundamental para a saúde da criança, e a mulher precisa conhecer as fases de crescimento do bebê, principalmente durante a gestação.

Obstetras e pediatras costumam dividir os períodos da gravidez em trimestres. O primeiro vai da 1ª até a 13ª semana. O segundo, da 14ª a 26ª. O último trimestre segue daí até quando o bebê fica pronto para o parto. Saiba o que acontece com seu filho durante esses períodos.

desenvolvimento do feto

Como é o início da gestação?

O primeiro mês de gestação é quando ocorre o desenvolvimento do feto de fato. Inicialmente, ele é apenas um conjunto de células que se modifica e fecunda na mãe após a fertilização. Apenas dez dias depois de fecundado, o feto já é um embrião em desenvolvimento.

Em resumo, o primeiro mês corresponde às fases de ovulação, fecundação, transformação de célula única a embrião e implantação do feto na parede intrauterina.

Aos dois meses de vida no útero, ocorre a formação das estruturas essenciais do feto, como o esqueleto, os músculos, o coração e o sistema nervoso central. Depois de moldadas, as células do coração já começam a bater. Junto a isso, os principais órgãos se desenvolvem e o bebê começa a se movimentar.

Encerrando o primeiro trimestre de gestação, no terceiro mês, o desenvolvimento do feto já permite que ele adquira o aspecto humano, possibilitando distinguir as feições do rosto. Nesse período, a mãe já pode se tranquilizar, pois a fase mais complicada da formação fetal já passou.

O bebê pode, definitivamente, ser chamado de feto, pois deixa de ser embrião e o coraçãozinho pode ser ouvido na ecografia.

desenvolvimento do feto

Desenvolvimento do feto até o fim da gravidez

A partir da 14ª semana de gestação, o desenvolvimento do feto é acelerado e a placenta se torna sua fonte de vida. No quarto mês, ele já é capaz de ouvir os sons que o corpo da mãe emite e seu sexo é perceptível por meio de exames de imagem. Ele passa a acumular gordura e suas impressões digitais são formadas.

O quinto mês de gestação é marcado pela produção de suco gástrico no estômago do bebê, que também já desenvolve os cinco sentidos (tato, audição, paladar, visão e olfato). Os rins começam a trabalhar e a formação do cérebro toma novo impulso.

O sexto mês é marcado pelos estímulos no desenvolvimento do feto. Ele é capaz de distinguir não apenas os sons da mãe, mas também os externos. O bebê já consegue abrir e fechar as mãos, inclusive segurar os pezinhos. Movimenta-se e reage aos estímulos orgânicos e exteriores.

Encaminhando-se para o fim da gestação, no sétimo mês, o feto é capaz de brincar com o cordão umbilical e sente-se confortável ao ouvir a voz da mãe. Ela já começa a se posicionar com a cabeça para baixo.

No penúltimo mês, o cérebro continua a crescer e o bebê permanece dormindo em mais de 90% do dia. Seus movimentos começam a ser diários e o sistema imunológico se forma. Por fim, no nono mês, o organismo está pronto e o bebê pode nascer a qualquer momento, assim que os pulmões amadurecerem.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
gestação
feto
desenvolvimento
vida intrauterina

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ