Criança

07/07/2014 04:30 - Atualizado em 23/11/2016 12:31

Vacina contra catapora tem 100% de eficácia? Saiba mais e proteja seu filho

Uma das doenças mais comuns na infância pode ser evitada. Saiba tudo sobre a vacina contra catapora.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A varicela, conhecida popularmente por catapora, é uma das doenças virais mais comuns na infância. Os principais efeitos da doença podem ser observados quando a criança fica cheia de bolinhas avermelhada pelo corpo - quadro que é acompanhado de febre muito alta. No entanto, a boa notícia é que existe vacina contra catapora.


Eficácia da vacina contra a catapora

vacina-contra-cataporaFoto: Shutterstock

A Sociedade Brasileira de Pediatria recomenda duas doses da vacina contra a catapora: uma a partir dos 12 meses e outra entre os 4 e 6 anos de idade. Uma única dose da vacina, realizada em crianças até 12 anos, pode promover de 70% a 90% a proteção contra a infecção e de 95% a 98% contra as formas graves da doença.

Mesmo assim, a entidade sugere a segunda dose para que o fator de proteção contra a infecção fique próximo dos 100%. Os fabricantes da vacina contra a catapora argumentam que uma dose em crianças é suficiente e que a segunda dose não faria tanta diferença no que se refere à proteção.

Há quem defenda, contudo, que adolescentes, a partir de 13 anos, podem precisar de uma dose extra da vacina para ampliar o índice de proteção.

A vacina contra a catapora pode ser aplicada até mesmo no indivíduo que tiver contato com um doente. Nas primeiras 96 horas após o contato, a vacina contra a catapora ainda pode proteger ou até mesmo eliminar a doença.


Indicações da vacina contra a catapora

A vacina contra a catapora pode ser realizada em qualquer indivíduo saudável com mais de 1 ano de idade e que ainda não tenha tido a doença. Ela não é recomendada para grávidas, bebês com menos de 1 ano e indivíduos com o sistema imunológico comprometido, como acontece em casos de AIDS e de câncer, por exemplo.

Em geral, a vacina contra a catapora não produz reações adversas, mas, em alguns casos é possível que haja febre, dor de cabeça, irritabilidade, dor e vermelhidão no local da injeção.


Saiba mais sobre a catapora

A catapora é uma doença viral altamente transmissível, mais comum em crianças de um a dez anos de idade e que, frequentemente, evolui sem consequências mais sérias. A taxa de mortalidade em crianças saudáveis costuma ser baixa, de 1 para cada 50 mil casos. Uma vez que a pessoa seja infectada pela doença, estará imune por toda a vida.

Logo após a infecção, que se dá a partir do contato direto com pessoas infectadas, surge uma febre moderada e, entre dois dias e uma semana, aparecem pequenas lesões avermelhadas, inicialmente atrás do pescoço, evoluindo para todo o corpo, inclusive mucosas.

Começa, então, uma intensa coceira, acompanhada de crostas que se formam e cicatrizam em torno de 10 dias.

Em crianças menores, podem acontecer infecções bacterianas, como otite, pneumonia e infecção generalizada e até mesmo o comprometimento do sistema nervoso central.

O tratamento da varicela é difícil, mesmo com a utilização de drogas antivirais e imunoglobulina. Dessa forma, cresce em importância o uso da vacina contra a catapora.

E aí, gostou do texto ? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência!

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ