Criança

26/10/2015 10:00 - Atualizado em 31/10/2016 07:23

Teste seus conhecimentos sobre o álcool na gravidez

A substância pode ultrapassar a placenta e chegar até o feto.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Pode-se suspeitar que os efeitos do álcool na gravidez não sejam bons, mas você sabe quais são as reais consequências do consumo de bebidas alcoólicas durante a gestação? Dr. Rogério Leão, médico ginecologista e obstetra do Centro de Reprodução Humana do Instituto Paulista de Ginecologia Obstetrícia (IPGO), conversou com o Vivo Mais Saudável sobre o tema.

Os efeitos do álcool na gravidez

O especialista conta que, apesar de ser sabido que o álcool pode ser prejudicial ao bebê, ainda não se conhece ao certo o quanto o consumo durante a gestação pode afetar o desenvolvimento do feto. "Por esse motivo, aconselha-se que mulheres grávidas não bebam nada de bebida alcoólica", explica.

Seguindo a ideia de restrição total, a Academia Americana de Pediatria (AAP) publicou recentemente um estudo no periódico científico Pediatrics. A pesquisa aponta que a ingestão de álcool na gravidez pode estar associada a problemas neurocognitivos e comportamentais da criança, além de diversas deformidades faciais.

"Essa e outras pesquisas mostram que o consumo regular de álcool afeta o bebê dentro do útero. O álcool da circulação sanguínea atravessa a placenta, indo para a circulação fetal", esclarece Dr. Rogério.

Saiba Mais
Conheça as fases da gravidez e as transformações no corpo da mulher
Cientistas desenvolvem remédios para tratamento do alcoolismo
Leite materno congelado: Entenda como armazenar

No início da gestação, a substância também pode levar a aborto, além de um maior risco de parto prematuro e restrição de crescimento fetal ao longo da gestação. Após o primeiro trimestre, os riscos permanecem sendo maiores quanto mais álcool a gestante ingere.

O cuidado no consumo deve ser mantido mesmo após o nascimento da criança. Isso porque o álcool ingerido pode passar pelo leite materno, aumentando as chances de problemas de desenvolvimento.

Faça o teste

Agora que você já sabe um pouco mais sobre o assunto, que tal testar seus conhecimentos sobre álcool na gravidez? O questionário abaixo foi elaborado a partir da entrevista que o Vivo Mais Saudável fez com o obstetra Rogério Leão.

E então, quantos pontos você conseguiu no teste? Conte para nós! E aproveite para continuar de olho nas dicas de saúde e bem-estar do Vivo Mais Saudável.

TAGS
alcoolismo
gestação
desenvolvimento do feto
riscos do álcool

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ