Criança

12/10/2014 06:10 - Atualizado em 10/12/2016 12:27

Sintomas de colesterol alto em crianças não são aparentes

Hábitos de vida saudáveis combatem os sintomas de colesterol alto.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O colesterol alto é conhecido na medicina como uma doença silenciosa. Isso se deve ao fato de que os sintomas de colesterol alto não são aparentes, de modo que a doença muitas vezes só é diagnosticada quando ocorre uma crise, como um ataque cardíaco.

Realizar consultas periódicas - principalmente se o seu filho tiver alguma predisposição à doença - e combater as causas é a principal arma contra o problema em crianças.

sintomas-de-colesterol-alto

Fatores que favorecem os sintomas de colesterol alto

Alguns fatores de risco devem alertar os pais para o surgimento do colesterol alto. Os principais incluem:

- Genética: A hereditariedade facilita o aparecimento dos sintomas de colesterol alto. Se houver caso de morte na família por infarto ou ataque cardíaco, os pais devem ficar atentos, combatendo as causas da doença e realizando exames laboratoriais de forma periódica.

- Obesidade: o sobrepeso também é um fator de risco para o colesterol alto, já que, em boa parte das vezes, está associado a outras práticas maléficas ao organismo.

- Sedentarismo: a falta de exercícios físicos, além de contribuir para o sobrepeso, pode potencializar os sintomas de colesterol alto.

- Ingestão exagerada de gorduras saturadas: a alimentação é a principal vilã da doença. Esteja atento ao que o seu filho come quando está longe de você.

Dieta equilibrada contra sintomas de colesterol alto

Como os sintomas de colesterol alto não são aparentes, a principal maneira de evitar a doença é adotando uma dieta saudável, equilibrada e colorida, rica em grãos, frutas, legumes e vegetais. Fizemos uma lista com o que seu filho deve comer para reduzir os índices de colesterol. Os alimentos que devem passar longe da lancheira também estão listados.

sintomas-de-colesterol-altoInclua na lancheira:

- Pão, macarrão, arroz e outros cereais na versão integral.

- Frutas e legumes.

- Leite e iogurte desnatados.

- Aveia e outros tipos de fibras.

- Peixes, aves sem pele e carnes cozidas e assadas, ao invés de fritas e empanadas.

sintomas-de-colesterol-altoEvite:

- Alimentos industrializados, principalmente os ricos em gordura vegetal hidrogenada.

- Frituras e alimentos gordurosos, como molhos cremosos e salgados de bares.

- Derivados do leite integral, como queijos gordurosos, molhos e doces.

- Carnes gordas, especialmente a vermelha e de origem suína. (Uma atitude recomendável é retirar a gordura aparente da carne antes de dar para a criança comer.)

Risco de obstrução das artérias é real

Existem basicamente dois tipos de colesterol: o bom, HDL, e o ruim, LDL. Para que o organismo funcione de maneira perfeita, ambos são necessários. De uma forma geral, o colesterol pode ser descrito como gorduras absorvidas dos alimentos e lançadas na corrente sanguínea, onde são transportadas por proteínas e formam a lipoproteína.

O colesterol bom favorece a produção de alguns hormônios importantes para o organismo e também auxilia na produção de vitamina D. O acúmulo do colesterol ruim, por outro lado, provoca a obstrução das artérias, o que força o coração a trabalhar mais e pode resultar em graves problemas cardiovasculares, como o infarto do miocárdio e a arritmia cardíaca. Dores no peito podem ser sintomas de colesterol alto.

Gostou da matéria? Então deixe um comentário. E não esqueça de ficar ligado na nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
colesterol
saúde
criança
alimentação saudável

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ