Criança

01/01/2016 02:00 - Atualizado em 07/12/2016 08:25

Remédio para verme deve ser prescrito pelo médico

Verminoses podem causar diarreia, dor de barriga, náuseas, gases, anemia e falta de apetite.

POR

Redação

  • +A
  • -A

As verminoses, caracterizadas pela presença de parasitas no intestino da criança, são bastante comuns. E para combatê-las, o remédio para verme é uma alternativa eficaz, que deve ser prescrita pelo médico.

Segundo o médico Dr. Tadeu Fernando Fernandes, presidente do Departamento de Pediatria Ambulatorial da Sociedade Brasileira de Pediatria, o uso do medicamento é indicado para crianças que apresentem fatores de risco, quadro clínico de verminose ou exame protoparasitológico positivo para algum tipo de verminose.

Quando o remédio para verme é necessário

Fernandes explica que os principais fatores de risco para o uso de remédio para verme são condições socioeconômicas, condições de saneamento básico, além de antecedentes pessoais e familiares de verminose.

O quadro clínico é representado por perda de apetite ou perversões alimentares (como vontade de comer terra, por exemplo), perda de peso, anemia persistente, dores abdominais recorrentes com episódios de diarreia e prurido (coceira anal).

"Manchas brancas na pele, ranger de dentes (bruxismo) e vontade de comer doce não são sinais de verminose. São mitos que se popularizaram como verdadeiros", esclarece o médico pediatra.

Remédio para verme

Sobre as idades mais comuns que o problema aparece, Fernandes conta que já foram descritos casos de verminose em bebês, decorrente de água não potável na mamadeira. O risco se eleva, porém, quando a criança começa a andar e ter contato com o quintal (terra) ou tomar água de torneira, por exemplo. "Enfim, quando começa a se expor à contaminação", completa o especialista.

A contaminação desses parasitas pode refletir no desenvolvimento da criança, no baixo rendimento escolar e no próprio humor. Os pais devem estar atentos aos sintomas para que a orientação médica seja requisitada o quanto antes.

Cuidados no uso do medicamento

Já na administração do remédio para verme, Fernandes lembra que, como todo medicamento, existem efeitos benéficos e adversos, que devem ser levados em conta no momento da prescrição.

Entre os riscos, o pediatra dá como exemplo casos de infecção maciça por Ascaris lumbricoides (lombriga). "Se administrar um anti-helmíntico que apenas paralise e mate o verme, poderá levar a um quadro de obstrução intestinal. É um risco raro, mas existente", completa.

O medico pediatra alerta, também, sobre o cuidado com lendas e mitos em relação ao uso de receitas caseiras no como remédio para verme. "Dar licor de cacau, por exemplo, é um risco, pois é uma bebida alcoólica totalmente contraindicada para crianças", chama a atenção.

Lembre-se de que a administração do remédio para verme deve ser feita após a orientação médica. Além disso, manter uma boa higiene é fundamental para prevenir os desconfortos trazidos por esses parasitas.

O seu filho já precisou de remédio para verme? Comente e continue acompanhando as dicas de saúde infantil do Vivo Mais Saudável.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ