Criança

09/09/2015 01:21 - Atualizado em 30/11/2016 11:44

Prisão de ventre também atinge as crianças

A prisão de ventre pode ser combatida com alimentação saudável e muita água.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Caracterizada pela dificuldade de evacuar, a prisão de ventre é desconfortável e dolorida em qualquer idade. Também chamado de intestino preso, o problema é motivado por uma rotina alimentar desregrada, pouca ingestão de água ou até mesmo condições anatômicas anômalas.

Sem consequências de longo prazo, os principais sintomas da complicação são: poucas idas ao banheiro; dor e cólica abdominal; fezes endurecidas, secas e grandes; fezes na roupa de baixo.

Em casos de prisão de ventre prolongada, quando crianças sofrem com o incômodo por mais de duas semanas, a consulta médica é indicada. Fenômenos como febre, vômito, sangue nas fezes, perda de peso e fissura anal são sinais de que a dificuldade para evacuar pode estar relacionada a outras doenças.

menina com prisao de ventre

Causas da prisão de ventre

A prisão de ventre pode acontecer por causas não orgânicas - caso do baixo consumo de água e de uma dieta pobre em fibras - ou causas orgânicas - condições anatômicas e doenças variadas.

Durante a infância, os pequenos também podem deixar de ir ao banheiro por vergonha, preguiça ou medo. Essa atitude, além de desconfortável, pode acarretar o endurecimento das fezes, promovendo dores e dificuldade para eliminá-las.

Outras origens da prisão de ventre são:

- Uso de medicamentos como antiácidos, opiatos e antidepressivos

- Diabetes, síndrome de Down e doença de Hirschsprung

- Anomalias no ânus.

Saiba Mais
Alimentos ricos em fibras melhoram o organismo dos pequenos
Veja como ajudar seu filho a superar a prisão de ventre infantil
Sopa de mandioquinha é rica em fibras e fácil de fazer

Tratamentos para a prisão de ventre

O tratamento pode ser emergencial e paliativo, mas soluções de continuidade também são necessárias, como adotar uma dieta saudável e fazer a criança ingerir mais água ao longo do dia.

Caso haja dor no momento da excreção, podem-se usar enemas, óleos minerais ou supositórios de glicerina. Essas soluções, introduzidas no ânus da criança, amolecem as fezes. Laxantes também podem ser recomendados, mas com cuidado. Seja qual for o método, é necessária a indicação do pediatra.

A alimentação saudável é a melhor forma de prevenir doenças variadas, e inclusive de controlar a prisão de ventre. Ingredientes ricos em fibras facilitam o trabalho do organismo e aumentam as chances de as fezes saírem sem complicações.

Converse com um nutricionista infantil para elaborar um cardápio específico para o intestino preso da criança. Com hábitos alimentares melhores, as idas ao banheiro não serão mais um problema para o pequeno.

Gostou das dicas de saúde infantil? Deixe um comentário! E aproveite para conferir mais novidades aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
intestino preso
sangue nas fezes
dor ao evacuar
fibras

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ