Criança

15/11/2014 02:57 - Atualizado em 30/08/2016 04:51

Novembro é dedicado à prevenção e combate ao câncer infantojuvenil

Câncer infantojuvenil é a principal causa de morte por doença de 1 a 19 anos de idade no Brasil.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O dia 23 de novembro será de conscientização pelo combate ao câncer infantojuvenil. A data foi instituída em 2008 quando passou a ser o Dia Nacional de Combate ao Câncer Infantojuvenil e também se instituiu o Novembro Dourado. O dourado foi a cor escolhida para sinalizar que as crianças valem ouro.

Mortes pelo câncer infantojuvenil

Por mais incrível que possa parecer, as ocorrências de câncer entre crianças e adolescentes ainda é um problema para o qual a sociedade, de um modo geral, não olha. É uma situação muito grave, pois o câncer infantojuvenil é a principal causa de mortes por doença entre 1 e 19 anos no Brasil. Desta forma, a maior proposta do Novembro Dourado é alertar a população, independente de sua relação com o câncer, em qualquer nível.

cancer-infantojuvenil

Especialistas alertam que é de fundamental importância que pais, professores, familiares e profissionais da área da saúde estejam atentos aos sintomas do câncer infantojuvenil, pois com o diagnóstico precoce, as chances de cura chegam a 80% dos casos. No entanto, a estimativa do Instituto Nacional do Câncer (Inca), infelizmente, é a de que metade dos casos deste tipo de câncer sequer chegue a ser diagnosticados no Brasil.

Dados de um outro estudo dão conta de que, no País, a estimativa é de que ocorram de 4,7 mil a 19 mil incidências novas da doença por ano. Destas, apenas pouco mais de 3 mil serão registradas e dentre os diagnósticos, a maioria chega para tratamento já em estágio bastante avançado.

Desafios contra o câncer infantojuvenil

O desafio é ainda maior porque a oncologia pediátrica não é cadeira obrigatória nas escolas de saúde. Desta forma, nem todos os profissionais podem estar preparados e aptos a identificar os sintomas da doença.

Outro grande desafio, ao contrário dos outros tipos de manifestação de câncer, é que o câncer infantojuvenil não tem prevenção. Tudo começa com a identificação dos sintomas e sinais. A dificuldade em identificar a doença também se explica porque os sinais e sintomas são bem parecidos com os de outros diversos tipos de doenças comuns em crianças e adolescente.

Pode ser desde uma simples dor de cabeça, que se torna constante, evoluindo para vômitos e manchas roxas sem motivo aparente, além do enfraquecimento de um dos membros. Por isso, se a careca, em decorrência do tratamento, é a parte mais visível da doença, as campanhas estão nas ruas e nos meios de comunicação para chamar a atenção para sinais e sintomas.

Gostou da matéria? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
câncer
saúde
doença
prevenção

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ