Criança

29/10/2015 11:43 - Atualizado em 08/12/2016 11:12

Identifique os sintomas de caxumba e foque na prevenção

A doença é caracterizada por inchaço abaixo da orelha, onde é localizada a glândula parótida.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Esta doença afeta principalmente crianças, sendo mais comum durante os meses de inverno e o início da primavera. Sem tratamento específico, os sintomas de caxumba podem apenas ser controlados com medicamentos e repouso constante.

Causada por um vírus da família dos Paramyxovirus, a caxumba é a inflamação da glândula parótida, podendo também atingir outras glândulas salivares. O médico Juarez Cunha, Membro do Comitê de Infectologia e Cuidados Primários da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul, lembra que a doença é transmitida por via respiratória, de pessoa para pessoa.

Por isso, além de reconhecer os sintomas, é importante focar na prevenção. Saiba o que fazer.

mãe analisando sintomas de caxumba no filho

Reconheça os sintomas de caxumba

O contágio pode acontecer pelo contato com as secreções infectadas, antes ou até mesmo depois do aparecimento dos sintomas de caxumba. É por isso que crianças são as mais afetadas pela doença. Em fase escolar, elas podem conviver com portadores do vírus sem mesmo saber que eles estão contaminados.

Os sinais são logo percebidos, já que há mudanças físicas aparentes. O principal é "aumento e dor da glândula parótida, que fica localizada atrás da mandíbula e abaixo da orelha", destaca Cunha. Também pode ocorrer febre e mal-estar, além de dor muscular.

Alguns sinais como dor e inchaço nos testículos ou nos ovários, ânsia de vômito, dores no abdômen, dor de cabeça e nuca rígida podem indicar a evolução da doença e exigem auxílio médico rápido. Mesmo que raros, esses sintomas de caxumba podem trazer ruins consequências para o futuro.

O desenvolvimento da doença é incomum, mas, segundo Cunha, pode acarretar a orquite, como é chamada a inflamação dos testículos. Ela pode levar à esterilidade. Já em mulheres, a caxumba pode provocar aborto durante a gravidez.

Saiba Mais
Entenda a importância da imunização em todas as idades
Sintomas de sarampo: Identifique a doença que afetou a Disney
Conheça os sintomas da caxumba e veja como tratar a doença

Prevenção e tratamento da caxumba

O diagnóstico é feito por meio de exames de sangue que podem apontar a presença de anticorpos contra o vírus. Em alguns casos, porém, os sintomas de caxumba são tão fáceis de identificar que podem reconhecidos pelo médico já durante a consulta.

Sem tratamento específico, a caxumba tem seus sintomas controlados com repouso e a ingestão de medicamentos para o controle de dor. Podem ser recomendados analgésicos e antitérmicos. Para evitar a propagação do vírus, deve-se manter o paciente em casa, evitando o contato com amigos e familiares.

A prevenção é garantida pela vacina. Ela é aplicada em duas doses nas crianças. A primeira “aos 12 meses de idade, com a tríplice viral, e a segunda dose aos 15 meses de idade, com a vacina tetraviral”, lembra o pediatra. Elas são disponíveis na rede pública, inclusive para adultos. Se você nunca teve caxumba e não recebeu a vacina, procure o posto de saúde mais próximo.

O que achou do artigo? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
doença viral
sinais de caxumba
contágio
vacina

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ