Criança

12/02/2015 03:45 - Atualizado em 02/12/2016 12:44

Evite que a micose de unha estrague o verão do seu filho

Cuidados simples no verão evitam a micose de unha e o longo tratamento após o contágio.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Calor, verão, praia, piscina e muitas pessoas dividindo o mesmo espaço. O que para seu filho pode ser apenas diversão, para você pode representar o cenário para o aparecimento da micose de unha. Saiba o que é a doença e como evitar que ela estrague as férias dos pequenos.

micose de unha

As infecções de pele e unha, quando causadas por fungos, são comumente chamadas de micoses. Embora haja mais de 200 mil tipos de fungos, as doenças são atribuídas a uma média de 100 espécies que costumam se proliferar em ambientes quentes e úmidos.

Engana-se quem pensa que a micose de unha é uma doença que pode ser contraída apenas no verão. O hábito de abafar os pés pode contribuir para o surgimento desses fungos. Até mesmo o empréstimo de calçados utilizados por pessoas que tiveram a infecção pode ser um fator determinante de contágio.

Dicas para evitar a micose de unha

Por ser altamente contagiosa, a micose de unha exige alguns cuidados simples. Se não forem observados, o resultado pode ser uma infecção e o comprometimento da saúde de seu filho.

Evite o uso de objetos comuns

Para cortar a unha do seu filho, evite utilizar o mesmo cortador que é usado pelos adultos. Os fungos são altamente resistentes e podem permanecer nos objetos por algum tempo. Se a pessoa que emprestou uma lixa de unha, por exemplo, tiver micose, seu filho também corre o risco de ser contaminado.

Peça para que seu filho ande sempre calçado

A liberdade que o verão dá para as crianças precisa de um limite para evitar doenças. Um deles é andar descalço em pisos quentes e úmidos, como em beira de piscinas públicas ou mesmo em calçadas. Chinelos e sapatinhos evitam a micose de unha e outras infecções de pele causadas pelos fungos.

Não empreste sapatos

É comum, entre as crianças, a brincadeira de um usar o sapatinho de outro. Pais mais prestativos também costumam oferecer o calçado de outra criança para o conforto do amiguinho, quando muda a temperatura. A mesma regra para os objetos serve para o sapato. Melhor cada um usar o seu.

Tratamento para a micose de unha

Os casos de micose de unha são mais comuns em adultos, porém as crianças também podem ser contaminadas. O tratamento é bastante longo e mais demorado que a micose de pele. A cura acontece depois que a unha infectada é eliminada. Isso ocorre aos poucos, na velocidade do crescimento, e pode levar até um ano.

O tratamento deve ser feito por um dermatologista para que a retirada da parte contaminada e a limpeza da área que fica embaixo da unha possam ser adequadas e eficazes. Além de um bom profissional, paciência dos pais e da criança é o que garante o êxito do procedimento.

No menor sinal de micose, o mais importante é procurar, o quanto antes, ajuda profissional. Há sempre a chance de uma unha contaminada infectar as demais, o que pode tornar o tratamento ainda mais difícil.

Gostou das dicas para prevenir a micose de unha? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
micose
fungos
praia
verão

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ