Criança

25/01/2015 01:15 - Atualizado em 03/10/2016 06:59

Enxaqueca infantil: Saiba quais são as possíveis causas

A alimentação desequilibrada é um dos fatores que contribuem para a enxaqueca infantil.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A dor de cabeça não é um problema apenas de adultos. Ela também afeta crianças e pode ser causada por diversos fatores. Ao contrário do que se pensa, a enxaqueca infantil está se tornando um problema cada vez mais frequente. Por isso, é importante ficar atento aos primeiros sinais e procurar as causas, que podem esconder outros problemas mais graves.

enxaqueca infantil

Os pais não devem ignorar quando a criança está com dor de cabeça, pois ela pode indicar tanto uma gripe ou um estado de ansiedade quanto algo mais sério, como infecções do sistema nervoso, problemas circulatórios, doenças renais e tumores.

Principais causas da enxaqueca infantil

A enxaqueca infantil pode estar ligada a problemas físicos ou emocionais, ou ainda a algum sintoma grave. Quando a dor de cabeça não está relacionada com alguma enfermidade ou mal-estar físico, caracterizando-se como uma dor forte e não passageira, deve-se procurar um médico.

Uma criança que sente dores de cabeça com muita frequência também deve ser levada ao profissional. Outros fatores ainda podem ajudar para o aparecimento da enxaqueca infantil, como o uso do computador, de videogames e da televisão por muitas horas seguidas, poucas horas de sono e uma alimentação desequilibrada, com muito açúcar, café, chocolate, massas e gorduras.

Além disso, as dores podem ser causadas por alguns medicamentos, por lesões físicas, alterações hormonais, desidratação, estresse e ansiedade. A ingestão ou o cheiro de substâncias fortes e irritantes, barulhos fortes e problemas de visão também levam à enxaqueca infantil.

Cerca de 10% dos casos são provocados por outros transtornos de saúde, como infecções de ouvido, gripes e infecções urinárias. Quando a enxaqueca ocorre, outros sintomas também podem aparecer. Às vezes, a dor é tão forte que provoca enjoos, tonturas, vômitos, queda de pressão, incômodos estomacais e sensibilidade a ruídos, a cheiros e a claridade.

A dor é crônica e pode durar minutos, horas, ou até mesmo dias.

Tratamentos e prevenção da enxaqueca infantil

O melhor tratamento para a enxaqueca infantil é tomar medidas para evitar o problema. Um dos principais cuidados é garantir que a criança tenha uma rotina equilibrada, com o tempo adequado para comer, dormir, estudar, descansar e brincar. Estabeleça, também, um limite para o uso da televisão, do videogame e do computador.

Ter uma alimentação balanceada é fundamental para que a criança não tenha problemas de saúde, inclusive a dor de cabeça. Evite o consumo excessivo de doces e gorduras, optando sempre por opções mais leves e saudáveis. Todas as refeições da criança devem conter os nutrientes e as vitaminas que ela necessita.

No caso de a criança tomar algum remédio, informe-se sobre os seus efeitos colaterais. Além disso, evite também a automedicação. É indicado sempre procurar um médico para que ele examine o pequeno e receite o melhor medicamento de acordo com o caso.

Já sabe como prevenir a enxaqueca infantil? Conte para nós! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligada em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
saúde infantil
dor de cabeça
prevenção
tratamento

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ