Criança

29/06/2014 09:00 - Atualizado em 24/11/2016 06:21

Conheça os principais cuidados com recém-nascido

Cuidados com recém-nascido incluem bem-estar, alimentação e higiene.

POR

Redação

  • +A
  • -A

São muitos os desafios para uma mãe de primeira viagem. Ao lado do pai da criança, ela precisa lidar na prática com o choro, a limpeza, o conforto e a amamentação do filho. Por isso, reunimos aqui algumas dicas de cuidados com recém-nascido para as futuras mamães começarem essa jornada.

Cuidados com recém-nascido

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Pode parecer óbvio, mas é necessário lembrar que o recém-nascido é um pequeno ser humano lançado neste mundo todo novo e estranho. Depois de meses na barriga da mãe, é natural que o bebê se sinta inseguro ao encarar o espaço aberto a que é submetido. 

Muitos dos cuidados com recém nascido incluem ações para protegê-los neste novo mundo, do calor, frio, desconforto e dor. Os pais precisam estar atentos para ajudá-lo na adaptação dos primeiros meses e entender que a única forma de expressão dos pequeninos será através do choro.

Cuidados com recém-nascido: do choro à amamentação

Abaixo separamos por tópicos alguns dos cuidados com recém-nascido. Todos se revoltam, de uma forma ou de outra, com o choro, a única forma de expressão de seu pequeno. Confira:

Eis o maior desespero das mães de primeira viagem, e quase nunca decifrado. Saber o que cada manifestação significa pode levar alguns meses e, antes disso, os adultos costumam ficar com os cabelos em pé. Para facilitar a sua vida, fique atento a algumas regras quanto aos cuidados com recém nascido no quesito choro.

Fome

Pense primeiro na alimentação. Será que o bebê está com fome? Quando foi a última mamada? A probabilidade é grande de que o choro seja de fome e que ele só precise de uma refeição. Lembre-se de que o bebê também pode estar precisando arrotar, o que deverá ser feito antes de deitá-lo novamente. É um dos cuidados com recém-nascido que mais se evidencia no dia a dia.

Roupa

Caso ele não esteja com fome, você deve procurar outras evidências. O choro pode decorrer de problemas com roupa apertada ou se ele está suando por vestir muita roupa. A maioria das mães têm medo de que o bebê fique doente em decorrência do frio, mas esquecem que ele sente tanto calor quanto qualquer um de nós. Se você notar a nuca molhada, poderá retirar uma peça de roupa, para que ele fique confortável.

Higiene

O motivo do choro pode ser a fralda apertada, que pode ser afrouxada na cintura sem problemas. Ou ainda o bebê pode ter feito xixi ou cocô. Isso incomode e pode ser resolvido com uma simples limpeza e troca da fralda.

Outro fator está relacionado ao banho diário, um dos cuidados com recém-nascido que gera muitos anseios geralmente. Importante que os pais saibam que o bebê vai chorar quase sempre nos primeiros meses, por causa do medo do desconhecido. Sem temer, os pais devem durante os banhos segurar firme o corpo do bebê e apoiar bem a cabeça dele, deixando tudo preparado anteriormente com relação a banheira, produtos, toalhas, antes de iniciar o procedimento.

Cordão umbilical

Gera uma preocupação quanto ao asseio do recém-nascido. O cordão umbilical costuma cair em um período de uma a duas semanas. A limpeza deve ser realizada uma vez por dia, após o banho, com cotonete embebido em álcool a 70%.

Barriga para cima

Recomenda-se que o bebê fique de barriga para cima tanto no carrinho quanto no berço, e com a cabeça para frente ou para o lado. A medida evita o risco de afogamento com o vômito e, caso ele engasgue, será acudido a tempo. Como o recém-nascido ainda é muito frágil, a mãe poderá colocar uma almofada para que a cabeça dele fique firme.

Amamentação

A amamentação é um dos cuidados com recém-nascido que mais gera dúvidas. Já no primeiro mês de vida, o recém-nascido deve ser alimentado através da amamentação por livre demanda. Ou seja, sempre que ele estiver com fome. Passados os 30 primeiros dias, ele começará a ir para o peito da mãe de três em três horas. É importante que os pais não acordem o bebê se ele mamou bem antes de ir para o berço e permitam que ele desperte naturalmente quando sentir fome. Forçá-lo a mamar nunca será bom.

Gostou do texto ? Deixe seu comentário e compartilhe sua experiência

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ