Criança

24/11/2015 11:39 - Atualizado em 02/12/2016 09:33

Conheça 12 sintomas da febre amarela e proteja seu filho

Em casos mais graves, a febre amarela pode causar hemorragia e comprometimento de órgãos.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O Aedes aegypti, mosquito conhecido por transmitir a dengue, também ajuda a proliferar outras doenças perigosas. Os sintomas da febre amarela nem sempre são de fácil diagnóstico e, em casos graves, podem evoluir, inclusive levando à morte do paciente.

Segundo o médico infectologista Juarez Cunha, membro da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS), cerca de 30% dos casos brasileiros são fatais. Por isso, é importante reconhecer os sinais da doença e focar na prevenção.

criança com sintomas da febre amarela

A febre amarela é causada pela picada de dois mosquitos: o Haemagogus, encontrado principalmente em matas, e o Aedes aegypti, urbano e transmissor também do zika vírus e da febre chikungunya.

O diagnóstico é complicado, devido à similaridade dos sintomas da febre amarela com os de dengue, leptospirose, hepatite viral, envenenamento e malária, além de outras febres hemorrágicas. Para a análise, exames de sangue podem ser recomendados, identificando a presença do vírus no paciente.

12 sintomas da febre amarela e tratamento

Os sintomas da febre amarela são divididos em duas fases. Na primeira, que acontece entre três e seis dias após a picada, os traços desconfortáveis são fáceis de identificar.

Caso a doença evolua, manifestações mais graves podem aparecer. “Ela pode transcorrer sem nenhum sintoma ou causar desde sintomas leves, como febre e dor no corpo, até doença grave com pele e olhos amarelos e sangramentos”, alerta o médico.

Saiba Mais
Zika: Conheça mais uma doença causada pelo mosquito da dengue
Vacina para dengue ainda é uma realidade distante
Prevenção da malária: Casos da doença deixam Brasil em alerta

Sintomas iniciais:

1. Febre alta

2. Mal-estar

3. Dor de cabeça

4. Dor muscular muito forte

5. Cansaço

6. Calafrios

7. Vômito

8. Diarreia

Sintomas graves:

9. Pele amarelada

10. Hemorragia

11. Comprometimento de rins, fígado e pulmão

12. Problemas cardíacos.

Não existem medicamentos específicos para o tratamento da doença. A pessoa que apresentar quadro de febre amarela deve ser dirigida ao hospital para a administração de antitérmicos e a hidratação necessária para o bom funcionamento do organismo. Casos mais complicados podem exigir diálises e transfusões de sangue.

infográfico sintomas da febre amarela imunização

Vacina contra a febre amarela

De acordo com o médico infectologista, é recomendado vacinar os bebês contra febre amarela aos 9 meses de idade. Uma segunda dose, administrada somente em áreas definidas pelo Ministério da Saúde, é indicada aos 4 anos. “As pessoas acima de 5 anos devem receber uma segunda dose dez anos depois”, acrescenta.

Segundo informações da Fundação Osvaldo Cruz, a imunidade contra a febre amarela está garantida de 7 a 10 dias após a vacinação, em 95% dos casos. A vacina deve ser evitada por gestantes, alérgicos à proteína do ovo e pessoas que tenham doenças que causem imunodeficiência grave, como a Aids.

Ela é especialmente recomendada para viajantes com destino a locais com zonas silvestres, devendo ser tomada no mínimo dez dias antes da viagem. Isso garante que o corpo crie os anticorpos necessários para a proteção.

Você já conhecia os sintomas da febre amarela? Que achou do artigo? Conte para nós! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
Aedes aegypti
vacina
febre alta
pele amarelada

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ