Criança

02/04/2016 08:00 - Atualizado em 24/10/2016 12:12

2 de abril: Dia do Autismo

Data visa a conscientizar sobre preconceito sofrido por quem tem o distúrbio.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Hoje, dia 2 de abril, é o Dia do Autismo. Celebrada desde 2008, a data foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de promover ações que chamem a atenção da sociedade sobre o distúrbio.

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) não tem cura, mas seu diagnóstico precoce pode melhorar a qualidade de vida do paciente e, principalmente, minimizar as chances de o quadro evoluir para uma deficiência mental. Por isso, os pais devem ficar atentos desde cedo, já que os sinais aparecem antes de a criança completar 3 anos de idade.

criança no Dia do Autismo usa tablet, solitária

Dia do Autismo incentiva à inclusão

Tão importante quanto diagnosticar de maneira precoce esse distúrbio congênito, que se revela ao longo do desenvolvimento da criança, é tratar da inclusão dos autistas, a fim de acabar com o preconceito ainda tão presente. Essa é outra preocupação do Dia Mundial da Conscientização do Autismo. Nesse sentido, a escola tem uma importância muito grande.

Segundo a educadora Carmen Lydia de Marco, conviver em um universo inclusivo ensina a todos os alunos - tanto para os que apresentam, quanto para os que não apresentam algum tipo de dificuldade - o respeito, a valorização do próximo e, principalmente, a capacidade de se colocar no lugar do outro.

“A escola deve ter como objetivo oferecer a oportunidade de conviver com a diversidade - primeiro passo para aceitação das diferenças - e, com isso, contribuir para a formação de um jovem solidário, um cidadão do mundo”, afirma Carmem.

Campanha tenta acabar com preconceito

Outra ação importante é a campanha #vemcomajujuba. Ela acontece desde o início do ano, mas terá uma programação especial no Dia do Autismo.

Com o lema “O autismo ainda não tem cura, mas o preconceito tem!”, a inciativa acredita que, quanto mais as pessoas com TEA conviverem em sociedade, mais poderão se desenvolver e se adaptar, conquistando autonomia e independência.

Desde janeiro, um vídeo novo é publicado toda sexta-feira no site, no Facebook e no canal de Youtube da Jujuba. No conteúdo, há dicas para facilitar a saída de casa com o seu filho, como se programar e como minimizar as possíveis dificuldades, entre outras orientações que visam a ampliar o universo do autista e de sua família.

Para o Dia do Autismo, também haverá uma sessão especial de cinema. Uma sala em um shopping de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, será totalmente adaptada para receber essas crianças e jovens, com som e iluminação adequados e liberdade para a interação.

A ideia é oferecer a crianças com condições especiais, não só autistas, a oportunidade de assistir a um filme no cinema. Os pequenos serão acompanhados pelos pais e por terapeutas. O evento também terá oficinas, exposição de arte, debates e palestras sobre o autismo.

No mundo, segundo a ONU, acredita-se haver mais de 70 milhões de pessoas com autismo. Aqui no Brasil, estima-se que haja mais de 2 milhões. A incidência em meninos é maior: são quatro para cada uma menina com o distúrbio.

Que achou da notícia? Deixe sua opinião nos comentários! E aproveite para conferir outras dicas de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
transtornos do espectro autista
preconceito
desenvolvimento infantil
data comemorativa

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ