Clínica Geral

19/05/2015 08:01 - Atualizado em 29/10/2016 03:13

Você tem alguma neurose? Saiba quando procurar ajuda

Estar bem consigo mesmo é o ponto-chave para encontrar equilíbrio e afastar a insegurança.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A neurose é um distúrbio que afeta o sistema nervoso. O termo se refere a qualquer desequilíbrio mental que possa causar ansiedade e angústia. A condição acomete milhares de pessoas e é preciso ficar atento para a hora de procurar ajuda profissional.

A neurose se diferencia da psicose, pois a primeira não impede ou afeta o pensamento racional. Geralmente, ela é avaliada pelo campo da psicanálise. Saiba mais sobre o distúrbio.

neurose

Como identificar a neurose

Apesar de a frase "estou ficando neurótico" ser comum em casos de fobias ou ansiedades, é preciso ter consciência que essa é uma disfunção psicológica. A intensidade varia muito de pessoa para pessoa, mas, de qualquer forma, a condição exige tratamento.

A neurose pode aparecer de diversos modos, tais como obsessão, ansiedade, histeria e falta de confiança. Porém, esses mesmos sintomas podem aparecer nas mais diversas circunstâncias, não representando necessariamente um quadro de distúrbio.

Para identificar essa condição, é preciso avaliar a intensidade da dor e do sofrimento em determinada situação. Problemas e frustrações fazem parte do dia a dia das pessoas, porém é preciso ficar atento à duração desse sofrimento e à repetição contínua do sentimento.

A neurose pode ser consequência tanto de fatores genéticos quanto resultado de vivências. Grandes frustrações ou eventos traumáticos também podem vir a desenvolver alguma neurose, como depressão e transtornos de ansiedade.

Pessoas com algum desequilíbrio tendem a apresentar diversas fobias, assim como alterações bruscas de humor. Essas condições interferem no convívio social e atrapalham a vida pessoal e a profissional.

Procurar ajuda traz benefícios

Ir em busca de apoio emocional com psicólogo, psiquiatra ou grupos de autoajuda não faz de você uma pessoa mais frágil ou incapaz. Muito pelo contrário: a decisão contribui para retomar a vida normal e auxilia muito na recuperação.

Conversar com pessoas próximas sobre suas inseguranças também contribui para uma vida mais tranquila e leve. Para sentir-se bem, o sentimento de segurança e carinho ao seu redor serão importantes para lidar com alguma neurose.

O grupo Neuróticos Anônimos também é uma ótima opção de apoio. Existem reuniões em todo o país, que acontecem periodicamente para que as pessoas possam conversar, discutir e trocar experiências, buscando apoio e aconselhamento.

A terapia pode ser muito positiva, porém a consciência do problema é o primeiro passo para a cura. A pessoa precisa estar segura que aquela mania ou aquele desânimo contínuo é um problema psicológico e precisa de tratamento.

Não existe receita pronta para a prevenção de neuroses, mas investir em uma vida ativa e saudável colaboram para o controle comportamental. Saber encarar desafios e preocupações de uma maneira mais leve, com otimismo, também colabora para dias mais tranquilos.

Além disso, relacionamentos saudáveis também possuem grande influência para uma mente mais sadia.

Para dias mais serenos e equilibrados, invista em hobbies, conviva com pessoas que você ama e pratique esportes. Com uma rotina saudável, não só seu corpo é beneficiado, mas a sua mente, também.

Gostou das dicas para o seu bem-estar? Conte para nós! E não esqueça que sempre tem novidade aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
distúrbio psicológico
desequilíbrio emocional
ansiedade
depressão

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ