Clínica Geral

26/05/2015 08:27 - Atualizado em 25/05/2016 03:37

Vacinação contra gripe: Ainda dá tempo de se prevenir

A dose do medicamento protege contra três subtipos do vírus causador da gripe.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Todos os anos, o Ministério da Saúde promove a vacinação contra gripe em todo o Brasil, visando a diminuir os casos da doença, principalmente em idosos, crianças, gestantes e doentes crônicos. Em 2015, a campanha foi prorrogada até junho em diversas regiões do país para que a meta de vacinados seja atingida.

A vacina protege o organismo contra três tipos de vírus causadores da gripe, começando o efeito de prevenção depois de três semanas. É indicado que todas as pessoas que fazem parte do grupo de risco façam a vacinação, evitando o contágio e as possíveis complicações que derivam da enfermidade.

vacinacao contra gripe

Campanha de vacinação contra gripe

Segundo o Ministério da Saúde, a um dia do fim da campanha nacional de vacinação contra gripe, que seria em 22 de maio, apenas 38,6% dos 49,7 milhões de pessoas que formam o público-alvo haviam sido vacinadas. A meta do governo é atingir ao menos 80% do total estimado.

Assim, prorrogou-se a campanha em diversos estados brasileiros até junho. As datas variam conforme a região. Na maioria dos estados, o prazo vai até o dia 05.

O público-alvo da mobilização são crianças entre 6 meses e 5 anos, doentes crônicos, idosos acima de 60 anos, trabalhadores da saúde, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional e povos indígenas. É indicado fazer a vacina no período da campanha para garantir a proteção antes do início do inverno.

Todos com mais de 6 meses podem fazer a vacinação, mas existe algumas restrições. O uso do medicamento é contraindicado para pessoas com histórico de reação anafilática em doses anteriores e para quem tem algum tipo de alergia grave à proteína do ovo, pois a dose é produzida em embriões de galinha.

A vacinação contra gripe é regulamentada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) juntamente com a Organização Mundial da Saúde (OMS), que disponibilizam as vacinas em clínicas públicas e privadas. O medicamento muda e é atualizado a cada ano, protegendo contra os vírus mais comuns da gripe no período.

Importância da vacinação contra gripe

A vacinação contra gripe previne dos subtipos do vírus influenza H1N1, H3N2 e B, fortalecendo o sistema imunológico. O principal objetivo da ação é diminuir os efeitos da gripe em todo o Brasil, protegendo as pessoas mais vulneráveis ao contágio e às complicações da doença.

Conforme dados do Ministério da Saúde, em 2014, 1.794 pessoas foram internadas em decorrência de complicações da gripe e 326 morreram. O vírus H1N1 foi o que provocou o maior número de óbitos (163), seguido do H3N2 (105).

Além da vacinação contra gripe, são indicados também outros cuidados para evitar a doença:

- Lave as mãos com frequência, principalmente antes de consumir qualquer alimento

- Ao tossir ou espirrar, proteja o rosto com um lenço ou com o antebraço. Depois, higienize as mãos

- Evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca

- Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, copos ou garrafas

- Mantenha os ambientes bem ventilados e arejados para que entre ar e luz solar

- Evite contato próximo a pessoas que apresentem sintomas de gripe.

Você já se vacinou? Compartilhe sua experiência conosco. E continue acompanhando o Vivo Mais Saudável para conferir novidades de saúde e bem-estar.

TAGS
vacina
influenza
H1N1
campanha de vacinação

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ