Clínica Geral

07/04/2016 05:00 - Atualizado em 24/10/2016 08:37

Telas para janelas podem ser arma contra Aedes aegypti

Precaução ajuda, mas cuidados não devem parar por aí.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Todas as medidas de prevenção contra o mosquito Aedes aegypti são bem-vindas. Acabar com os criadouros, evitando o acúmulo de água parada, é a principal delas. No entanto, os cuidados não devem parar por aí. Vale também passar repelente no corpo e investir em telas para janelas e portas como armas para combater o vetor de doenças tão perigosas.

Telas para janelas como método de prevenção

A medida é simples, mas oferece ótimos resultados. Segundo o autor do livro “From Med School: shoes, window screens, and meat” (Da escola de medicina: sapatos, telas de janelas e carne), o professor Clifton Meador, o método ajudou a terminar com um surto de malária que atingiu os Estados Unidos no início do século 20.

Junto com a instalação de telas para janelas e portas, que passaram a impedir a entrada dos mosquitos nas casas, a ofensiva envolveu também a drenagem de áreas de procriação do mosquito transmissor da doença, e a aplicação de inseticida em casas e criadouros.

Nos dias de hoje, grande parte das casas e edifícios nos Estados Unidos tem telas que impedem a entrada de mosquitos. Em muitas residências com ar condicionado, as janelas raramente são abertas.

homem instala telas para janelas em casa

Top 10: Outras dicas contra o mosquito

Assim como aconteceu no país norte-americano, a colocação de telas contra mosquitos precisa ser combinada com outras medidas para combater o temido Aedes aegypti. Confira dez dicas de prevenção contra o vetor do zika vírus, da febre chikungunya e da dengue. As informações são do Ministério da Saúde.

1. Tampe tonéis e caixa d’água

2. Mantenha as calhas sempre limpas

3. Deixe garrafas sempre viradas com a boca para baixo

4. Mantenha lixeiras bem tampadas

5. Limpe os ralos e aplique telas nesses locais

6. Lave semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia

7. Higienize com escova ou bucha os potes de água para animais

8. Retire água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa

9. Use repelentes e filtros solares com proteção contra mosquitos, regulamentados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

10. Priorize roupas longas, que evitam a exposição da pele.

Além disso, o diretor médico da MAPFRE Saúde, Claudio Tafla, orienta também a tomar cuidado com a ingestão em excesso do complexo B. “É um mito e até um erro acreditar que tomar bastantes vitaminas do complexo B, especificamente a vitamina B12, seja um medicamento para evitar que o mosquito se aproxime”, completa.

Segundo ele, além de ser eliminada pela sudorese natural do corpo, a ingestão em excesso dessa vitamina pode trazer efeitos colaterais diversos, como aumento descontrolado do apetite e até uma intoxicação medicamentosa. Carnes vermelhas, peixes, produtos à base de soja e cerais matinais são alguns dos alimentos que contêm esse composto vitamínico.

O que você tem feito para combater o Aedes aegypti? Deixe um comentário! Se gostou das dicas, aproveite para compartilhar o artigo nas redes sociais e espalhar essas informações! E não se esqueça de conferir outras novidades de saúde e bem-estar do Vivo Mais Saudável.

TAGS
zika
dengue
chikungunya
mosquito

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ