Clínica Geral

06/11/2014 10:27 - Atualizado em 02/12/2016 08:42

Sintomas do diabetes: Confira como identificar a doença

Alterações fisiológicas estão entre os sintomas do diabetes percebidos com mais facilidade.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O diabetes é uma doença crônica que afeta quase 400 de milhões de pessoas em todo o mundo, segundo a Federação Internacional de Diabetes. São pacientes que se veem obrigados a inserir em sua rotina um controle rigoroso dos níveis de glicose. Mas é possível o diabético viver com qualidade, em especial quando os sintomas do diabetes são identificados na fase inicial da doença.

Reconhecer os sintomas do diabetes ajuda no controle da doença

Pessoas com mais de 40 anos de idade e que sofrem de hipertensão, obesidade, estresse emocional, colesterol elevado ou fatores hereditários, integram o grupo de risco para os tipos 1 e 2 de diabetes mellitus. Se você apresenta alguma dessas características, precisa visitar um endocrinologista e verificar seu índice glicêmico imediatamente. Um diagnóstico tardio pode agravar o quadro.

Conforme dados da Associação Brasileira de Diabetes, metade dos portadores da doença ignora que a possui, muitas vezes por falta de conhecimento sobre os sintomas do diabetes.

sintomas-do-diabetes

Conheça os principais sintomas do diabetes

O diabetes é uma das mais perigosas doenças crônicas por conta das complicações que promove em diversos setores do organismo. São essas alterações orgânicas que se constituem como sintomas, possibilitando o diagnóstico. Confira a seguir os principais:

Cansaço

O cansaço crônico é um dos mais frequentes sintomas do diabetes. Ele ocorre por dois fatores: desidratação, em virtude da urina excessiva, e incapacidade das células em receber glicose. Como açúcares são as principais fontes de energia celular, sua ausência reduz a produção energética, enfraquecendo o corpo.

Cetoacidose

Característica do tipo 1, a cetoacidose diabética surge quando a glicemia ultrapassa os 500 mg/dL (miligramas por decilitro de sangue). Na falta de insulina, as células ficam sem glicose e buscam outra fonte de energia, queimando gordura e músculos.

Esse processo leva à cetoacidose, um dos mais graves sintomas do diabetes, capaz de gerar náuseas, vômitos, dor abdominal, confusão mental, prostração e dificuldade respiratória.

Cicatrização

Consequência do excesso de glicose na circulação, a dificuldade em cicatrizar feridas acontece pela redução da função celular que repara os tecidos. É acompanhada de diminuição da proliferação celular e baixa renovação dos vasos sanguíneos.

Fome

Sem glicose para fabricar energia, o corpo interpreta que o paciente está em jejum. Assim, o diabético passa a comer com maior frequência. Porém, ao invés de engordar, ele emagrece, pois o açúcar ingerido não é absorvido e acaba desperdiçado na urina.

Infecções

O diabetes também gera distúrbios no sistema imunológico, interferindo nas células de defesa. Portadores da doença têm maior vulnerabilidade a infecções, principalmente urinária (cistite), de pele (erisipela, celulite), candidíase e pneumonia.

Peso

A perda de massa corporal é um dos mais comuns sintomas do diabetes tipo 1. Isso acontece porque a insulina também realiza o armazenamento de gordura e a síntese de proteínas no organismo. Como o hormônio inexiste, o paciente deixa de produzir músculos e armazenar gordura.

Sede

Com a glicemia descontrolada, o paciente entra em um ciclo vicioso. Açúcar demais aumenta a quantidade de água perdida na urina, fazendo com que urine com maior frequência. Quando urina em excesso, perde mais água do que o previsto e acaba desidratado. Isso dispara a sede.

O diabético então bebe muita água, mas como a glicose continua elevada, não para de urinar. Assim, quanto maior a glicemia, mais vai ao banheiro.

Visão

Outro dos mais conhecidos sintomas do diabetes é a visão turva. O excesso de glicose causa inchaço do cristalino (lente do olho), alterando sua forma, flexibilidade e capacidade de foco. Com o controle da glicemia, porém, é possível reverter o problema.

diabetes

Agora que você já sabe reconhecer os sinais da doença, que tal responder algumas perguntas em um teste sobre o risco de diabetes? Não esqueça de deixar um comentário e acompanhar nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
diabetes
sintomas do diabetes
saúde
controle do diabetes

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ