Clínica Geral

14/06/2014 09:00 - Atualizado em 09/12/2016 04:06

Sintomas da gripe vão muito além do espirro

Sintomas da gripe são muito semelhantes aos do resfriado.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Basta o primeiro espirro para que muita gente diga que está com gripe. Mas essa enfermidade é bem mais grave e incomum do que um resfriado. Vamos conhecer agora os verdadeiros sintomas da gripe.

Causa, tratamento e sintomas da gripe

A gripe é uma doença contagiosa, provocada pela infeção pelo vírus influenza. Ele infecta o trato respiratório (nariz, seios nasais, garganta, pulmões e ouvidos), atingindo diferentes espécies além da humana. A principal complicação da gripe é a pneumonia, uma doença mais intensa e duradoura, responsável por um considerável número de internações hospitalares no Brasil.

Foto: Shutterstock

Muitas pessoas confundem a gripe com o resfriado. Este apresenta praticamente os mesmos sintomas da gripe, em menor intensidade, e é causado por um vírus diferente. Com um resfriado, o indivíduo ainda consegue manter sua rotina na maioria dos casos, como ir ao trabalho. Mas, com gripe, é bem difícil que essa pessoa saia da cama.

O combate aos sintomas da gripe pode envolver medicamentos como xaropes, analgésicos, anti-inflamatórios, antibióticos e o antigripal, que age especificamente sobre o vírus influenza.

6 sintomas da gripe

Conheça agora seis sintomas da gripe, que vão além do mero espirro:

Febre

O principal dos sintomas da gripe é a febre, que costuma durar em torno de três dias. Quando a temperatura do corpo sobe para mais de 37,8 º C, a febre deve ser tratada. Banho morno ajuda a baixar a temperatura. Pode-se recorrer a antitérmicos, se necessário. Febres que chegam a 40º C podem causar um mal estar muito forte e precisam de imediata atenção médica

Fraqueza e dores musculares

A indisposição e sensação de fraqueza e fadiga no corpo é associada à febre, mas muitas vezes ela vem antes mesmo de a temperatura do seu corpo aumentar. É um claro sinal de que a gripe está chegando. A fraqueza também pode estar acompanhada de dores no corpo. O ideal é repousar, pois desgaste muscular nessa situação apenas piora o quadro. Pode ser feito o uso de analgésico.

Nariz congestionado

É um problema clássico de quem está com gripe, mas também pode ser sinal de um mero resfriado. Além do desconforto de ter o nariz correndo, causa dificuldades para respirar. Inalação com soro fisiológico e lavar as narinas com esse produto ajudam bastante. Respirar o vapor da água do chuveiro no banheiro também traz alívio. Se o incômodo é muito grande, podem ser receitados pelo doutor medicamentos que desobstruem as vias nasais.

Dor de garganta

Devido a essas dificuldades respiratórias causadas pelo nariz entupido, muitas vezes o gripado recorre à inspiração pela boca, o que faz com que a mucosa da garganta se resseque e, consequentemente, provoque dor. Ingerir bastante líquidos é uma bom, assim como pastilhas para alívio local. Se necessário, analgésico e anti-inflamatórios. A dor de garganta também pode ser causada por excesso de tosse. É bom evitar alimentos ácidos, como frutas cítricas, e refrigerante, porque o gás piora o desconforto

Tosse 

Trata-se de um mecanismo natural do organismo para eliminar secreções acumuladas no sistema respiratório. Pode ser combatidas com xaropes e a tradicional colher de mel com gotas de limão. É importante tomar bastante água, que ajuda a fluidificar as secreções, facilitando a sua eliminação

Dor de cabeça

Outro dos sintomas da gripe, a dor de cabeça pode ser acompanhada de fotossensibilidade e sensação dolorosa atrás dos olhos. É combatida com o uso de analgésicos.

Caso tenha gostado do artigo e queira compartilhar suas experiências, deixe seu comentário.

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ