Clínica Geral

07/12/2014 10:06 - Atualizado em 05/12/2016 07:28

Sinais de desidratação: Aprenda a reconhecer os alertas do seu corpo

A desidratação causa sede, cansaço, dor de cabeça e irritabilidade constante.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Com a chegada do verão, o risco de surgirem sinais de desidratação aumenta. É nessa fase do ano em que as pessoas vão para a praia e curtem fazer brincadeiras e exercícios físicos na areia. Descubra porque beber água constantemente é importante para evitar a doença e veja quais são as recomendações para ajudar quem está acometido.

sinais-de-desidratacao

Causas da desidratação

- Febre

- Suor por conta de exercícios físicos ou contato direto com o sol

- Vômito e diarreia

- Beber pouca água

- Aumento da frequência urinária devido à infecção e diabetes

- Problemas para ingerir comida e água (pessoas deficientes)

- Problemas para beber água (pessoas doentes)

- Dificuldades para encontrar água potável.

Entre as causas, a combinação de exercícios físicos ou contato direto com o sol juntamente ao pouco consumo de água é o mais visto em pacientes. A dica é beber água constantemente. Essa atitude diminui todas as chances do aparecimento dos sinais de desidratação.

Sinais de desidratação

Os principais sinais de desidratação leve a moderada são:

- Boca seca e pegajosa

- Sonolência ou cansaço - crianças tendem a ser menos ativas do que o habitual

- Sede

- Diminuição da produção de urina

- Pouca ou nenhuma lágrima ao chorar

- Pele seca

- Dor de cabeça

- Prisão de ventre

- Tonturas ou vertigens.

Os principais sinais de desidratação severa são:

- Sede extrema

- Muita preguiça e sono

- Irritabilidade e confusão

- Boca, pele e membranas mucosas muito secas

- Pouca urina e em tons escuros

- Olhos fundos

- Pele seca e murcha, sem elasticidade

- Em bebês lactentes, fontanelas afundadas

- Pressão arterial baixa

- Batimento cardíaco rápido

- Respiração rápida

- Sem lágrimas ao chorar

- Febre

- Delírio ou inconsciência.

Tratamento da desidratação

O tratamento é feito através da reidratação. É indicado o consumo de bastante água em pequenos goles com intervalos curtos. O indivíduo que está acometido deve ficar em um ambiente ventilado, de preferência com poucas roupas. Em casos graves, é indicado o uso de soro para reidratação.

Soro caseiro

Ingredientes:

1 litro de água filtrada

1 colher de chá

2 colheres de sopa de açúcar

Modo de Preparo:

Misture tudo até que esteja bem dissolvido.

4 formas de evitar sinais de desidratação

1. Use roupas leves

Sempre que você for se expor ao sol, lembre-se de colocar roupas leves. Elas garantem que você não sinta muito calor, suando menos e perdendo menores quantidades de líquido.

2. Beba muita água

Beba diariamente 2 litros de água. Caso você esteja na praia ou em locais que tem contato direto com o sol, tome ainda mais água. Não espere os sinais de desidratação darem as caras.

3. Cuide com o horário

Não tenha contato direto com o sol entre as 10 e as 17 horas da tarde. Deixe de lado os banhos de sol e exercícios físicos nesse horário.

4. Livre-se das bactérias

Sempre que for ao banheiro lave as suas mãos. Lave todos as saladas e frutas que você vai consumir. Não coma em nenhum local que você não conhece.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
desidratação
saúde
praia
verão

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ