Clínica Geral

01/09/2015 11:51 - Atualizado em 02/12/2016 12:14

Setembro Verde alerta sobre câncer de intestino

A campanha visa a conscientizar a população sobre os riscos da doença e a importância da prevenção.

POR

Redação

  • +A
  • -A

O câncer de intestino, também chamado de câncer colorretal, está entre os dez primeiros tipos de câncer mais incidentes, sendo a quinta causa de morte pela doença no Brasil, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Visando a diminuir esse índice e conscientizar a população sobre a importância da prevenção, foi desenvolvida a campanha Setembro Verde. A ação vai percorrer quatro capitais brasileiras durante o mês, divulgando informações e orientações de combate à doença.

idoso no consultorio com sintoma de cancer de intestino

O que é o Setembro Verde

A Sociedade Brasileira de Coloproctologia (SBCP), em parceria com a Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino, lançou a campanha Setembro Verde, com ações para alertar a população sobre a importância de prevenir a doença e como é possível fazer isso.

Durante todo o mês, os moradores de quatro capitais brasileiras podem conhecer uma estrutura que reproduz um intestino - uma espécie de túnel com 20 metros de comprimento e 2,5 metros de largura. A ação ainda conta com uma mostra de reproduções de pólipos e vídeos sobre câncer de intestino, além de informações e orientações de médicos.

As ações da campanha acontecem no Rio de Janeiro entre os dias 4 e 7 de setembro. Depois, em Belo Horizonte (12 e 13 de setembro), em Porto Alegre (18 a 20 de setembro) e em São Paulo (de 25 a 27 de setembro).

Combate ao câncer de intestino

O câncer de intestino causa tumores que acometem um segmento do intestino grosso (o cólon) e o reto. Quando detectada precocemente, a doença possui grandes chances de cura, pois ainda não se espalhou por outros órgãos. Segundo o Inca, a estimativa é de que surgiram 32,6 mil novos casos em 2014, sendo 15.070 em homens e 17.530 em mulheres.

Entre os sintomas da doença estão a mudança no hábito intestinal (diarreia ou prisão de ventre), desconforto abdominal com gases ou cólicas, sangramento nas fezes, sangramento anal e sensação de que o intestino não se esvaziou após a evacuação.

Também pode ocorrer perda de peso, cansaço, fezes pastosas de cor escura, náuseas, vômitos e sensação dolorida na região anal, com esforço ineficaz para evacuar. Ao se identificar qualquer sinal de alteração do funcionamento do intestino, um médico deve ser procurado o quanto antes.

Alguns fatores de risco que aumentam as chances de desenvolver o câncer de intestino são: idade acima de 50 anos; histórico familiar de câncer colorretal; histórico pessoal de câncer de ovário, útero ou mama; baixo consumo de cálcio; obesidade e sedentarismo; doenças inflamatórias do intestino, como retocolite ulcerativa crônica e doença de Crohn.

Para prevenir o câncer de intestino, é indicado adotar hábitos saudáveis, como uma dieta rica em frutas, vegetais, fibras e laticínios e pobre em gordura, principalmente a saturada. Além disso, praticar atividades físicas regularmente também contribui para a prevenção. É importante ainda evitar o consumo exagerado de carne vermelha.

O que você achou da novidade? Deixe seu comentário! E aproveite para conferir as dicas de saúde e qualidade de vida do Vivo Mais Saudável.

TAGS
câncer colorretal
sintomas do câncer
prevenção
campanha

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ