Clínica Geral

21/06/2015 02:12 - Atualizado em 05/12/2016 02:44

Saiba quais são as cirurgias plásticas mais comuns no Brasil

Em 2013, o Brasil superou os Estados Unidos em número de cirurgias plásticas realizadas.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Em algum momento da vida, você já deve ter implicado com uma parte do corpo. Afinal, a busca por mais beleza é natural para homens e mulheres. Seja para moldar o nariz, modificar o tamanho dos seios ou eliminar a gordurinha localizada, as cirurgias plásticas são imaginadas como a solução para ficar de bem com a aparência.

A procura é tão grande que, em 2013, o Brasil superou os Estados Unidos e se tornou líder mundial na realização desse tipo de procedimento. Os dados levantados pela Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (Isaps) mostram que o país realizou 1,49 milhão de intervenções naquele ano.

cirurgias plasticas

Principais cirurgias plásticas

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o procedimento mais realizado no Brasil é a lipoaspiração, com quase 228 mil casos. Em segundo lugar, a colocação de próteses mamárias foi realizada em 226 mil pacientes.

O país também é líder em números de abdominoplastia e rinoplastia, com 129 mil e 77 mil procedimentos em 2013, respectivamente. Ao todo, mais de 23 milhões de cirurgias plásticas foram realizadas no mundo naquele ano.

As mulheres representam cerca de 87% dos pacientes que passaram por cirurgias plásticas. Os procedimentos mais procurados por eles são a rinoplastia, a lipoaspiração e a otoplastia - intervenção para a correção das orelhas.

Por dentro das cirurgias plásticas

Em todos os procedimentos apresentados a seguir, os pré-requisitos para se submeter a cirurgia são fazer exames laboratoriais e passar por avaliação médica, parar de fumar com bastante antecedência e evitar tomar determinados medicamentos que podem aumentar o sangramento.

Mamoplastia de aumento

Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a mamoplastia de aumento pode ser boa opção se você estiver fisicamente saudável, ter os seios totalmente desenvolvidos, estiver incomodada com a sensação de que as mamas são muito pequenas ou estiver insatisfeita com elas após a gravidez, perda de peso ou envelhecimento.

Também importante você faça uma mamografia antes do procedimento e outra após. Isso ajuda a detectar mudanças futuras no tecido mamário. Embora a recuperação varie em cada caso, o período de recuperação pós-cirúrgica geralmente é de 24 a 48 horas, seguido de um intervalo de repouso de alguns dias.

Lipoaspiração

Esse procedimento remodela áreas específicas do corpo e remove o excesso de gordura da região, melhorando os contornos e a proporção corporal. A lipoaspiração pode ser usada para tratar acúmulos gordurosos como nas coxas, braços, pescoço, cintura, costas e pernas.

Após a cirurgia, o paciente utiliza uma malha de compressão ou bandagens elásticas nas áreas tratadas na finalização do procedimento, pois elas ajudam a controlar o inchaço e a comprimir a pele. Além disso, um pequeno dreno pode ser colocado nas incisões por baixo da pele para remover excessos de sangue ou de fluido.

Abdominoplastia

Ainda como alternativa semelhante à lipoaspiração, existe a abdominoplastia, que remove o excesso de gordura e de pele, podendo restaurar os músculos enfraquecidos ou separados. O procedimento é indicado se você acumulou pele na gravidez, durante o envelhecimento, grandes oscilações de peso ou por fatores hereditários.

Após a abdominoplastia, curativos ou bandagens podem ser usados sobre as incisões para minimizar o inchaço e sustentar os novos contornos do abdômen de acordo com a cicatrização. Um dreno também pode ser colocado temporariamente colocado por baixo da pele para drenar excessos de sangue e de fluidos.

E você, já pensou em fazer uma ou mais cirurgias plásticas? Deixe um comentário! E se mantenha por dentro das novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
pele
gordura
plástica
silicone

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ