Clínica Geral

10/03/2015 03:40 - Atualizado em 10/12/2016 10:06

Saiba como acabar com a sudorese noturna

Sudorese noturna causa transtornos na hora de dormir e pode indicar doenças.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Para manter a temperatura do corpo estável, as pessoas suam. A transpiração é uma manifestação natural das glândulas sudoríparas. Elas são ativadas pelo sistema nervoso quando praticamos exercícios físicos, em função de doenças ou quando ocorrem alterações hormonais

É mais comum suar nas palmas das mãos, nos pés e nas axilas. Quando ocorre a sudorese noturna, pode ser sinal de alguma complicação de saúde. Estresse, transtornos emocionais e problemas familiares ou de trabalho podem causar essa reação. 

Conheça as causas da sudorese noturna, os tratamentos para acabar com ela e possíveis meios de prevenção.

sudorese noturna

Sudorese noturna indica doenças

Tuberculose, inflamações e febre têm como resposta orgânica o suor, que funciona para manter o corpo em equilíbrio. A sudorese noturna aparece depois de o sistema imunológico combater os problemas internos e gerar uma grande quantidade de calor.

Endocardite (doença que atinge as válvulas do coração), apendicite, diverticulite, amigdalite, furúnculos, osteomielite (problema que inflama os ossos) e Aids também têm o suor à noite como uma consequência comum de sua condição. 

Problemas neurológicos, que causam impacto na circulação sanguínea, podem também provocar situações de suor durante o período da noite. Exemplos dessa situação são a disreflexia autonômica, síndrome relacionada com lesões na medula, e o acidente vascular cerebral (AVC).

Nas hipóteses mais graves, o suor noturno pode indicar câncer. As células cancerígenas mais associadas à transpiração são as do linfoma. É sempre necessário que você consulte um médico para identificar as causas e fazer o tratamento mais adequado.

Quando diagnosticada corretamente, a sudorese da noite pode ser tratada. De acordo com os sintomas, o médico recomenda propostas terapêuticas para os pacientes.

Falta de água no organismo é uma das situações mais comuns, na qual o corpo esquenta como forma de regular a temperatura. Ingerir líquidos, então, já pode solucionar o problema ao combater a desidratação.

Alguns alimentos são responsáveis pelo mal-estar na hora de dormir. Por isso, as refeições pesadas na hora do jantar devem ser evitadas. Antitranspirantes e terapias para iontoforese, que regula o suor excessivo, são eficientes para resolver o problema.

Tratamento da sudorese noturna

É possível que alguma doença ou problema mais sério esteja relacionado com a sudorese noturna. Em geral, ela surge acompanhada de pesadelos e problemas para dormir. Nesses casos, é necessário buscar um psicólogo para tratar questões emocionais que possivelmente estejam envolvidas.

No entanto, quando surge acompanhado de febre, inchaços, perda de peso e mal-estar generalizado, o suor à noite merece preocupação. Uso de medicamentos, reações alérgicas e mesmo a diabetes podem fazer você suar e passar mal. Doenças como câncer, infecções e hiperidrose (condição em que a pessoa sua excessivamente sem causa aparente) também estão associadas.

Apenas um diagnóstico médico pode recomendar o tratamento adequado para acabar com a sudorese noturna. Os medicamentos podem ser por via oral, de forma tópica ou no modo de cremes e pomadas. Em alguns pacientes, pode haver complicações para urinar, sensação de boca seca e palmas das mãos ressecadas.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar por dentro de todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
suor
hora de dormir
mal-estar
suor excessivo

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ