Clínica Geral

13/11/2015 10:30 - Atualizado em 30/11/2016 06:49

Previna-se das doenças relacionadas ao trabalho

Por ano, há mais de 2 milhões de mortes devido a doenças e acidentes no trabalho.

POR

Redação

  • +A
  • -A

É natural nos sentirmos indispostos de tempos em tempos, seja pelo estresse ou pela grande carga de responsabilidades. Porém, existem casos mais graves de doenças relacionadas ao trabalho, que têm relação direta com o ambiente profissional e geram um impacto ainda maior no organismo.

Em alguns casos, os trabalhadores têm direito aos mesmos auxílios de um acidente profissional, podendo ser beneficiados com até 40% do salário base durante o período de afastamento da empresa. No entanto, é preciso que o problema seja, de fato, uma doença ocupacional. Entenda melhor o que pode levar a um quadro assim.

mulher no computador com LER, uma das doenças relacionadas ao trabalho

Entenda as doenças ocupacionais

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) divulgou, em 2014, uma pesquisa que revela dados alarmantes. Mais de 2 milhões de trabalhadores morrem por ano devido a doenças ocupacionais e acidentes de trabalho. No mesmo ano, o INSS divulgou que as despesas geradas por esse problema, só no Brasil, somaram R$ 16 bilhões em 11 anos.

Muitas pessoas acabam não ligando os problemas à rotina de trabalho, pois, na maioria da vezes, as condições aparecem no longo prazo. Por exemplo, um funcionário que trabalhe em um ambiente extremamente barulhento e não possua o equipamento correto pode sofrer com problemas de audição, mas dez ou até 15 anos mais tarde.

Em outros casos, as consequências são mais rápidas, comprometendo a saúde e qualidade de vida do profissional. Estar alerta ao ambiente de trabalho, checar equipamentos e produtos utilizados e manuseá-los de forma segura são hábitos que contribuem para minimizar esse tipo de problema.

Saiba Mais
Conheça 7 problemas no trabalho e descubra como evitá-los
Fisioterapia do trabalho melhora o desempenho da equipe
Prepare-se para um dia de trabalho com a meditação matinal

O chamado auxílio-doença é um benefício assegurado pela Previdência Social para trabalhadores que ficam impossibilitados de retornar ao trabalho após um período de 15 dias. Para obter essa contribuição, é preciso que o paciente passe por uma perícia no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e tenha uma contribuição previdenciária de, no mínimo, 12 meses.

infográfico doenças relacionadas ao trabalho

Conheça doenças relacionadas ao trabalho

1. LER e DORT

São as siglas para Lesão por Esforço Repetitivo e para Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho. Especialmente trabalhadores que precisem fazer movimentos contínuos ao longo de todo o dia tendem a sofrer com o problema. Quando realizados com posturas inadequadas, podem causar quadros ainda mais graves para a saúde do profissional.

2. Surdez

O problema pode ser temporário ou definitivo e acomete trabalhadores que ficam expostos a ruídos constantes. A sensibilidade auditiva vai se perdendo aos poucos e, quando não é tratada, a condição pode ser irreversível.

3. Câncer de pele

Trabalhadores que fiquem expostos aos raios solares durante todo o dia podem desenvolver o problema. A assistência do INSS só ocorre quando há comprovação de que a função exige a excessiva exposição. Algumas categorias, como os carteiros, têm inclusive direito a receber filtro solar da empresa.

4. Antracose

A doença é caracterizada por uma lesão nos pulmões que acomete principalmente trabalhadores em áreas de carvoarias. A fumaça do carvão pode causar uma série de problemas para o organismo do profissional.

Você já sofreu com doenças relacionadas ao trabalho? Como conseguiu reverter o quadro? Deixe um comentário! Seu relato pode ajudar outros leitores do Vivo Mais Saudável que estejam passando por uma situação parecida. Aproveite ainda para conferir outras dicas de saúde.

TAGS
doenças ocupacionais
DORT
câncer
surdez

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ