Clínica Geral

01/12/2015 06:13 - Atualizado em 09/12/2016 03:26

Prevenção da Aids: Saiba como se proteger do HIV

Dia Mundial da Luta Contra a Aids acontece em 1º de dezembro.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A prevenção da Aids é um assunto que sempre deve ser discutido, mas que ganha mais força todo 1º de dezembro, dia mundial de luta contra a doença.

De acordo com informações do portal do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, ligado à Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde do Brasil, o país registrou mais de 650 mil casos de Aids entre o início da década de 1980 e 2012. Saiba mais sobre a doença e conheça as melhores maneiras de prevenção.

camisinha como prevenção da aids

O que é a Aids

A Aids, ou Sida (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida), caracteriza uma série de doenças infeciosas, tumorais ou constitucionais que decorrem da queda da imunidade. Ela é provocada pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV).

Há uma fase assintomática, que pode durar anos. Ou seja, mesmo que não adoeça, a pessoa pode já ser portadora do vírus sem saber.

A transmissão ocorre principalmente por meio de relações sexuais não protegidas e de sangue contaminado - via transfusões, compartilhamento de agulhas e seringas ou acidentes com cortes. Mães infectadas e sem tratamento também podem passar o vírus para o filho durante a gravidez, no parto ou na amamentação.

De acordo com o gestor do controle de infecções e infectologista do Hospital Mãe de Deus, de Porto Alegre-RS, Dr. Gabriel Narvaez, a transmissão principal é a sexual. Por isso, a Aids é considerada uma Doença Sexualmente Transmissível (DST).

“Convém frisar que o vírus não se transmite através de abraços, beijos ou compartilhamento de objetos, como copos, toalhas, vaso sanitário, entre outros”, destaca o especialista.

Saiba Mais
Vacina contra AIDS será testada em humanos em 2016
Tratamento da Aids evolui e amplia sobrevida de soropositivos
Aids na gravidez: Quais os principais cuidados com a saúde

Manifestação dos sintomas

Segundo o infectologista, os sintomas ou sinais da Aids podem ser decorrentes de três situações diferentes:

Entrada do vírus no organismo

É a chamada Síndrome Retroviral Aguda, que ocorre entre duas e seis semanas, em média, após a contaminação. Ela se caracteriza por febre, dores pelo corpo, feridas na boca, ínguas no pescoço ou nas axilas, manchas pelo corpo e prostração.

Manifestações de Aids

Alguns sintomas ligados ao HIV ocorrem quando o sistema imunológico começa a ficar comprometido. Pode haver febre, diarreia, suor noturno, perda de apetite e perda de peso.

Infecções oportunistas ou tumores

Esses quadros podem variar de acordo com o local do processo infeccioso.

prevenção da aids, casal com fita vermelha

Prevenção da Aids e tratamento

Como a maioria dos casos acontece por meio de relações sexuais, a prevenção se centra no uso do preservativo ou, eventualmente, na prática sexual sem penetração. Sangue e derivados rotineiramente são testados antes das transfusões. Já seringas e agulhas devem ser descartáveis e usuários de drogas injetáveis não devem partilhá-las.

A transmissão vertical (mãe-filho) é prevenida mediante a administração à mulher de antirretrovirais, medicamentos que também são dados ao recém-nascido nas primeiras semanas de vida.

De acordo com Narvaez, o tratamento se faz basicamente pela utilização de medicamentos que impedem a multiplicação do vírus. “Com isso, as defesas do organismo podem se recuperar, o que permite uma vida plena e saudável à maioria dos pacientes”, destaca.

Em outras palavras, ao contrário do que se pensava na década de 1980, HIV não é uma sentença de morte. Com exames periódicos, é possível descobrir a presença do vírus antes da manifestação de sintomas, garantindo o controle da doença.

E aí, as informações sobre prevenção da Aids foram úteis para você? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
hiv
transmissão da AIDS
sintomas de Aids
sexo seguro

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ