Dr. Marcello Reicher

ESPECIALIDADE

Cirurgia Vascular

Angiologia

ONDE ATENDE

Rua Leandro Dupré, 204 Conj. 63 Vila Clementino - São Paulo/SP CEP: 04025-010

  • (11) 5904-4429

Dr. Marcello Reicher

Apresentação

Médico formado pela Universidade Federal de São Paulo em 1990, fez residência médica em Cirurgia Geral (1992) e em Angiologia e Cirurgia Vascular (1994) pela UNIFESP. Realizou Mestrado (1997) e Doutorado (2002) em Angiologia e Cirurgia Vascular pela UNIFESP. Assistente Doutor da Disciplina de Angiologia e Cirurgia Vascular da Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

O que Trata

Angiologia e Cirurgia Vascular.

Formação Acadêmica

Medicina - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP): 1990.

Cargos e Títulos

Residência em Cirurgia Vascular - UNIFESP, 1994. Mestrado - UNIFESP, 1997. Doutorado - UNIFESP, 2002.

Clínica Geral

30/05/2014 09:00 - Atualizado em 30/11/2016 02:37

Perguntas mais Frequentes sobre Varizes

As varizes são dilatações e tortuosidades das veias superficiais.

POR

Dr. Marcello Reicher

  • +A
  • -A

Inchaço e, às vezes, leves dores na região, são sintomas descritos por quem sofre de varizes. Evitar longos períodos de pé, deixar as pernas erguidas ao se deitar e usar meias calças elásticas são cuidados geralmente recomendados. Mas apenas uma avaliação médica pode recomendar ou não um tratamento cirúrgico, além de identificar a causa do problema. Leia a entrevista do especialista em Angiologia e entenda mais sobre as indesejadas varizes.

1. Quais são as causas das varizes?

Vários são os fatores determinantes das varizes, a começar pela predisposição genética, passando pelo fato do ser humano andar em duas pernas exclusivamente, o efeito da gravidade sobre as veias cria condições para a tendência à dilatação venosa. Outros fatores estão associados ao aparecimento ou maior gravidade das varizes:

- Sexo: as mulheres têm maior tendência a ter varizes que os homens, principalmente pelo efeito da progesterona. Caracteristicamente na adolescência, as gestações e o climatério há maior intensidade de aparecimento de varizes.

Acompanhe a seção Saúde da Mulher e fique bem informada

- História familiar: descendentes de pessoas com varizes têm maior probabilidade de apresentarem o mesmo problema; mas isto não é uma condição obrigatória, há pessoas que têm varizes sem que haja um parente sequer com o mesmo problema e outros, com pais com intensa doença varicosa, que não as apresentam.

- Idade: a medida que envelhecemos, nossas veias tornam-se mais frágeis favorecendo a formação de varizes pela dilatação das mesmas.

-Gestações: o efeito da progesterona é muito intenso na gestação, assim como a pressão do útero sobre as veias da pelve no último trimestre da gravidez, aumentando o efeito de dilatação venosa.

-Contraceptivo Hormonal ou Terapia de Reposição Hormonal: estas substâncias hormonais favorecem a dilatação das veias para aquelas pessoas que apresentam tendência às varizes, mas estas não são necessariamente contraindicações para o tratamento hormonal, seja para anticoncepção ou terapia de reposição.

2. Qual a melhor técnica para o tratamento de “vasinhos”: (Laser, Espuma, Glicose, outros)?

- Não existe uma melhor técnica. Cada técnica tem suas vantagens e desvantagens, de modo que pensando no problema, a melhor solução é a união delas, o uso da melhor técnica para cada vaso e dependendo de cada caso. Podendo, inclusive, ser necessária a utilização de mais de uma técnica para solucionar o problema.

-Somente o médico especialista pode indicar o melhor tratamento e tem conhecimento e à sua disposição as técnicas existentes. 

3. O que é Trombose Venosa?

A Trombose Venosa Profunda (TVP) é uma doença caracterizada pela formação de coágulos dentro das veias profundas. Ocorre frequentemente nos membros inferiores, embora também possa ocorrer nos braços e em outras localizações.

Em consequência destes coágulos, o sangue que passava por estas veias fica represado na extremidade, causando inchaço (edema) do membro acometido. O inchaço dos músculos causa dor caracterizada como peso ou câimbra leve, tem início rápido e progressivo. As veias superficiais ficam ingurgitadas pelo desenvolvimento da circulação colateral.

Apesar da preocupação inicial do paciente ser com o “membro acometido”, esta não deve ser a principal preocupação.

A grande complicação oriunda da TVP é a Embolia Pulmonar. Esta Embolia ocorre quando um fragmento destes coágulos descola-se através do sistema venoso, chegando às artérias pulmonares. Este fenômeno pode ocasionar falta de ar ou até mesmo o óbito.

4. O Fumo Prejudica minha Circulação?

O tabaco contém mais de 4 mil moléculas nocivas à saúde, prejudica de forma direta tanto o fumante ativo como o passivo em ação direta nas artérias, nas veias e nos tecidos.

Se você fuma, calcule seu gasto com cigarro e decida parar de fumar

O tabaco também é responsável por envelhecimento precoce, infarto cerebral, infarto do miocárdio, aterosclerose precoce, tromboses, abortos entre outras.

A nicotina, por si só, já predispõe a ocorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral) e é o fator causal do acidente e de muitas outras doenças.

Quanto maior for o período de exposição ao tabaco, maior será a prevalência de doenças vasculares.

Gostou da matéria? Então deixe um comentário! E não esqueça de acompanhar as novidades do Vivo Mais Saudável no Facebook.    

TAGS
como evitar varizes
causas das varizes
trombose venosa
genética varizes

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ