Clínica Geral

29/08/2014 04:55 - Atualizado em 08/12/2016 10:00

Ocorrência de osteoporose na coluna pode levar a fraturas

Cuidados com a alimentação e a saúde podem ajudar a evitar a osteoporose na coluna.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A osteoporose é uma doença metabólica e sistêmica, que prejudica os ossos. Ela faz com que o indivíduo tenha uma redução da massa óssea, o que pode causar fraturas e traumas no paciente.

Essa doença afeta principalmente os idosos. As mulheres estão mais propensas ainda a desenvolver a osteoporose. Estima-se que a proporção da doença seja de seis mulheres para um homem. O problema é que em 75% dos casos, as pessoas só descobrem que possuem a osteoporose depois da primeira fratura no corpo, quando o problema já está em estágio avançado.

osteoporose-na-coluna

O tipo mais frequente da doença é a osteoporose na coluna. “As fraturas, geralmente na coluna lombar ou torácica, podem causar dor nas costas, deformidade progressiva (geralmente um aumento da cifose, formando uma corcunda) e diminuição da estatura, além de distúrbios neurológicos devido à compressão da medula ou de nervos”, afirma o neurocirurgião Sergio Amaral.

Osteoporose na coluna pode provocar cirurgia

A osteoporose na coluna pode ser tratada com o uso de coletes e analgésicos. Entretanto, algumas vezes, esse tipo de tratamento não alivia totalmente a dor do paciente ou então, o nível da osteoporose pode ter aumentado. Nesses casos, utiliza-se outro recurso: a cirurgia.

Dentro dos tratamentos cirúrgicos da osteoporose na coluna existem dois que se destacam: vertebroplastia e a cifoplastia. Ambos os procedimentos utilizam a radioscopia para introduzir uma cânula dentro da vértebra fraturada.

Essa vértebra recebe um tipo de acrílico chamado de polimetilmetacrilato. Este é o material que vai ajudar o paciente a parar de sentir dor, já que o acrílico aumenta a resistência da vértebra fraturada.

“Na vertebroplastia, é realizado o preenchimento com o acrílico logo após a introdução da cânula. Entretanto, na Cifoplastia, antes do preenchimento da vértebra é realizada a dilatação de um tipo de balão no interior do osso para obter uma diminuição do achatamento da vértebra e correção da angulação da mesma (cifose)”, explica o médico.

Procedimentos para tratar osteoporose na coluna são rápidos

Na cifoplastia é utilizada anestesia geral, mas já na vertebroplastia normalmente é usado apenas anestesia local ou sedativo. Em ambas as cirurgias, o tempo de internação do paciente é de apenas um dia. Dentro de 24 horas, já é possível caminhar e não é necessário usar colete.

Após a realização dessas duas cirurgias, os pacientes notam uma melhora significativa da dor, entre 75% e 90% das pessoas que tinham a osteoporose na coluna. No entanto, é importante que após a cirurgia o paciente trate a osteoporose para, assim, evitar futuras possíveis fraturas.

Os sintomas da osteoporose na coluna são: diminuição da altura (acima de 3 cm), sentir muita dor nas costas e notar que está ficando corcunda. As pessoas mais propensas a desenvolver a doença são as mulheres que estejam chegando à menopausa, pessoas magras e desnutridas ou indivíduos que tenham histórico de osteoporose na família.

Se você sente os sintomas, procure um médico. O melhor jeito de combater a osteoporose é prevenindo.

Gostou das dicas? Compartilhe com os seus amigos!

TAGS
tratamento
osteoporose
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ