Clínica Geral

12/03/2015 01:48 - Atualizado em 28/11/2016 01:37

Insuficiência Renal é epidemia mundial, previna-se

Médicos alertam para o controle da pressão arterial, do diabetes e da realização de exames de rotina para a saúde dos rins.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A perda da função renal ou insuficiência renal é considerada uma epidemia mundial, afirma o nefrologista José Aluísio Vieira, fundador da Fundação Pró-Rim. O Dia Mundial do Rim demonstra a preocupação diante do aumento da longevidade e da doença renal crônica que, segundo o médico, acomete em mesma proporção homens e mulheres.

Assista ao vídeo que fala sobre exames preventivos

Causas da doença renal

Entre as causas da doença renal ou insuficiência renal está a hipertensão arterial. Estima-se que metade das pessoas com mais de 50 anos sofre de pressão alta. Se não houver controle da pressão arterial por um longo período, a saúde do rim pode ser comprometida. “Hoje, acredita-se que há 100 mil pessoal no Brasil em máquinas de diálise (que funcionam como um rim artificial). Outras 100 mil podem precisar do tratamento, entre elas estão pessoas que não têm acesso ao sistema de saúde ou que não sabem que têm doença renal”, ressalta o médico.

Outro fator que pode comprometer a saúde dos rins é a obesidade. A gordura abdominal causa resistência à insulina, favorecendo um quadro de diabetes.

Veja nosso Especial Diabetes e faça o Teste Risco de Diabetes

Recomenda-se um check up anual dos rins. Quem tem pressão alta, diabetes ou está muito acima do peso, precisa de maior atenção. Apenas exames laboratoriais podem identificar algum problema. Os sintomas da doença renal são silenciosos e, quando aparecem, os rins já estão comprometidos.

Sintomas de doença renal

  • Acordar várias vezes à noite para urinar;
  • Ter urina espumosa ou com sangue;
  • Inchaços pelo corpo;
  • Perda de apetite;
  • Náuseas e vômitos.

Infecções urinárias são um risco

Mais comuns nas mulheres, que têm a uretra mais exposta à bactéria Escherichia Coli que se aloja no ânus, as infeções urinárias mal cuidadas ao longo da vida podem gerar futuros problemas renais. Por isso é tão importante consultar a ginecologista com regularidade e realizar um preventivo a cada 6 meses.

Previna-se contra infeções urinárias

  • Ingerir bastante água, pelo menos 2 litros por ida;
  • Não ter o hábito de segurar o xixi;
  • Usar o papel higiênico de frente para trás, nunca o contrário. Porque pode levar microorganismos da região anal para a vagina.

Leia mais sobre Cistite

Aumento da próstata, fique de olho!

A partir dos 45 anos, os homens ficam mais vulneráveis a problemas urinários causados pelo aumento da próstata, que pode ser benigno ou maligno. A eles, recomenda-se a realização dos exames de ultrassom, toque retal e PSA anualmente a partir desta faixa etária.

Veja o Especial Saúde do Homem e entenda mais sobre saúde da próstata.

Visite seu médico, controle o açúcar no sangue e sua pressão, cuide da alimentação e pratique atividade física regularmente! O Vivo Mais Saudável está aqui para ajudar. Acompanhe nossas dicas também pela rede social.

TAGS
doença renal
insuficiência renal
diabetes
obesidade
próstata
pressão alta
hipertensão arterial
diálise
dia mundial do rim

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ