Clínica Geral

16/09/2014 03:00 - Atualizado em 02/01/2017 08:06

Infertilidade de homens e mulheres pode ter diferentes causas

Infertilidade é um problema comum que gera decepções para o casal.

POR

Redação

  • +A
  • -A

No momento em que o casal constrói o planejamento familiar, a ideia de ter filhos começa a se formar. O problema é que nem sempre a gravidez é uma conquista fácil e que ocorre no momento em que se deseja. Das milhares de famílias que desejam gerar filhos, apenas uma pequena parcela efetivamente consegue. Para as que não têm êxito depois de tentar por um ano, pode ser diagnosticada a infertilidadeque exige paciência e persistência para ser tratada.

O obstetra Bruno de Carvalho afirma que, a cada ciclo menstrual feminino, apenas 20% dos casais que estão tentando ter filhos conseguem a fecundação, o que acaba gerando desconforto e decepção entre os cônjuges. Geralmente, a responsabilidade recai sobre as mulheres, pois a infertilidade masculina ainda é um assunto que incomoda grande parte dos homens, apesar de ser mais comum do que se imagina.

infertilidade

Como detectar um caso de infertilidade

Nem sempre o simples fato de não conseguir engravidar com facilidade configura um caso de infertilidade, mas há um prazo estipulado para que o insucesso nas tentativas seja visto como normal. Quando um casal mantém relações sexuais regulares durante um ano sem o uso de qualquer método contraceptivo e a gravidez não ocorre, então é hora de procurar um médico.

Obstetras, ginecologistas e especialistas em reprodução humana são os profissionais ideais para lhe aconselhar se você perceber que pode estar infértil. Tratamentos, cirurgias e reposições hormonais podem lhe ajudar a vencer os obstáculos que lhe impedem de ter uma gravidez, mas saiba que alguns fatores são irreversíveis, como é o caso da idade.

A baixa na capacidade reprodutiva feminina começa a se acentuar a partir dos 35 anos. Nessa faixa etária, cerca 30% das mulheres são inférteis, enquanto entre os 40 e os 44 anos o problema se estende para aproximadamente 60% delas. Isso porque a produção hormonal e ovular feminina começa a dar os primeiros sinais de diminuição e da chegada da menopausa.

O que causa a infertilidade

As dificuldades na concepção se distribuem igualmente entre homens e mulheres, conforme aponta o obstetra Bruno de Carvalho. “Baixas concentrações de espermatozoides no sêmen, assim como movimentação lenta ou irregular e alterações na forma dos gametas podem ser motivos da infertilidade masculina”, afirma o médico. Obesidade, abuso de bebidas alcoólicas e tabagismo são considerados agravantes no quadro.

O estresse é outro fator potencialmente perigoso para casais que tentam gerar uma nova vida. Um estudo publicado na revista Human Reproduction avaliou 400 casais que buscavam uma gravidez e coletou uma enzima chamada alfa-amilase na saliva das mulheres, conhecida como a enzima do estresse. As mulheres que apresentaram índice mais alto da substância tiveram mais dificuldades na concepção.

Nos casos femininos, a endometriose e a síndrome dos ovários policísticos são os fatores que mais afetam a fertilidade e a capacidade de engravidar. Por serem tão comuns, as doenças já contam com métodos avançados de tratamento e já não representam uma barreira tão grande, mas precisam ser diagnosticadas e bem tratadas, a fim de que não ponham em risco a vida da mãe e do bebê.

Gostou da matéria? Então deixe um comentário! E não esqueça de ficar ligado na nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
amor
gravidez
bebês
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ