Clínica Geral

25/01/2015 05:24 - Atualizado em 07/12/2016 11:55

Hérnia de disco: Identifique os sintomas e saiba como tratar

Má postura e excesso de esforço físico podem contribuir para o desenvolvimento de hérnia de disco.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A coluna é uma das partes mais importantes do corpo - e também uma das mais exigidas. Por isso, erros de postura podem comprometer a região e desencadear a hérnia de disco. Dores nas costas, braços e pernas são alguns dos sintomas, que podem ser amenizados com o tratamento correto e mudança de hábitos. Descubra como enfrentar o problema com mais saúde.

hernia de disco

Como a hérnia de disco se forma

O disco intervertebral é uma estrutura cartilaginosa que fica entre as vértebras da coluna vertebral. Ele é formado por uma parte central, chamada líquido viscoso, por uma parte periférica de tecido cartilaginoso chamado anel fibroso e por uma parte superior e inferior chamado placa terminal.

Ocorre a hérnia de disco quando o líquido viscoso sai através de uma fissura do seu anel fibroso, podendo causar a inflamação do disco.

Existem três tipos de hérnia de disco: as protrusas (quando a base de implantação sobre o disco é mais larga que qualquer outro diâmetro), as extrusas (quando a base de implantação sobre o disco é menor que algum dos seus outros diâmetros) e as sequestradas (quando um fragmento migra dentro do canal, para cima, para baixo ou para o interior).

Fatores hereditários e a má postura são as principais causas do problema na coluna. Além disso, traumas por esforço repetitivo no trabalho e no esporte, fumar e a idade avançada também são causadores de lesões degenerativas.

Principais sintomas da hérnia de disco

A hérnia de disco é identificada a partir de dores nas regiões onde está a lesão discal, podendo se espalhar para outras partes do corpo. Quando a hérnia é na coluna cervical, as dores se espalham para os braços, mãos e dedos.

Se a hérnia for lombar, as dores se espalham para as pernas e pés. Pode existir ainda os sintomas de formigamento e dormência nos membros. Nos casos mais graves, as pessoas chegam a perder a força nas pernas e ter incontinência urinária.

Outros fatores também contribuem para o risco de lesões na coluna, como um trabalho físico pesado, ficar muito tempo em uma posição estática, inclinar e girar o tronco frequentemente, levantar, empurrar e puxar e esforço repetitivo.

Como prevenir e tratar o problema

Na maioria dos casos, o tratamento é feito com sessões de fisioterapia. As técnicas utilizadas são variadas, como fisioterapia manual, mesa de tração eletrônica, mesa de descompressão dinâmica e exercícios de estabilização vertebral. Além disso, é indicado também fazer musculação para fortalecer a coluna, podendo optar ainda por acupuntura e pilates.

Para evitar o desenvolvimento de hérnia de disco, alguns cuidados são essenciais. O primeiro passo é evitar o sobrepeso, o excesso de bebidas alcoólicas, de cigarro e de exercícios físicos sem acompanhamento.

É importante também manter a postura correta tanto sentado quanto em pé e praticar exercícios físicos regularmente, mas se informando sobre o tipo de atividade física indicada para você.

Gostou das dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
dores nas costas
coluna
postura
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ