Clínica Geral

03/07/2014 09:00 - Atualizado em 06/12/2016 09:54

Hemorroida: conheça as causas e tratamentos existentes

Hemorroida pode ser provocada pela prisão de ventre.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A hemorroida surge quando há a dilatação ou inflamação de veias ao redor do ânus. Essa condição, que causa grande desconforto, pode ser externa, quando as veias se assemelham a varizes ou bolas de sangue ao redor da borda do ânus, ou interna, quando estão acima do esfíncter anal e provocam sintomas mais agudos.

Tire suas dúvidas sobre a hemorroida

Foto: Shutterstock

Foto: Shutterstock

Durante o movimento intestinal, há dilatação das veias na região do ânus, que geralmente voltam ao seu tamanho normal. Mas o esforço repetido para evacuar, seja por intestino preso (obstipação) ou fezes endurecidas, pode provocar a dilatação permanente, ocasionando o problema de hemorroida.

Causas da hemorroida

Além da prisão de ventre e das fezes endurecidas, outros fatores que podem contribuir para o surgimento da hemorroida são:

- Gravidez: em função da pressão que o feto exerce sobre as veias da parte inferior do abdômen

- Obesidade: excesso de peso também aumenta a pressão nessas veias)

- Sedentarismo: essa condição diminui o estímulo para a a digestão dos alimentos e irrigação sanguínea do ânus)

- Componente genético: casos de hemorroidas na família podem indicar uma predisposição para desenvolver a doença)

- Alimentação descompassada: dieta pobre em fibras e pouca ingestão de líquidos

- Sexo anal:  pode produzir fissuras numa região muito vascularizada.

Sintomas

Entre os sintomas das hemorroidas, estão:

- Prurido anal

- Dor no ânus (principalmente quando se está sentado)

- Sangue vermelho vivo nas fezes, vaso sanitário ou papel higiênico

- Dor ao evacuar e nódulos endurecidos sensíveis próximos ao ânus

- Coceira provocada pelo inchaço das veias, aumentando a tensão sobre as terminações nervosas.

O médico pode diagnosticar a hemorroida simplesmente examinando a região anal. Mas pode ser necessário exames para confirmar a suspeita, como a coleta de sangue oculto nas fezes, sigmoidoscopia (que analisa a parte final do cólon) e anoscopia (exame endoscópico no qual é examinada a região anal).

Tratamento da hemorroida

O tratamento para curar as hemorroidas pode ser à base de pomadas com corticoides, que ajudam a reduzir a dor e inchaço, ou pomadas específicas para o problema, com lidocaína, que também auxilia a amenizar a dor. Supositórios também podem ser receitados pelo médico, para aplicação local.

Existem até mesmo receitas caseiras, como uma loção feita da casca de hamamélis, que pode ser aplicada com cotonete para reduzir o prurido. Também existe o tratamento com calor, chamado de coagulação infravermelha, que pode ser uma última alternativa antes da intervenção cirúrgica.

A cirurgia pode ser por meio da hemorroidectomia, ou seja, a retirada das veias doentes, procedimento no qual apenas a punção do coágulo que entope o vaso hemorroidário já resolve o problema; ou então a ligadura elástica, uma técnica que estrangula a veia afetada.

As recomendações são evitar usar papel higiênico que irrita e aumenta inflamação – procurando lavar a região anal com lenços humedecidos ou água mesmo, secando com toalhas de algodão; adotar uma dieta com muitos alimentos ricos em fibras; beber muita água; evacuar quando necessário, sem forçar e nem protelar; e não permanecer tempo demais sentado na privada – lembre-se que banheiro não é biblioteca.

Gostou do texto? Deixe seu comentário!

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ