Clínica Geral

15/01/2016 03:49 - Atualizado em 03/12/2016 12:12

Governo de MG apura caso de criança com microcefalia

O estado teve as primeiras ocorrências de zika vírus confirmadas e agora investiga possível caso de microcefalia.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Nos últimos meses, o Brasil vem sofrendo com uma epidemia de microcefalia associada ao zika vírus. Já são mais de 3,5 mil casos da anomalia registrados em 21 estados por todo o país. Recentemente, as duas primeiras ocorrências de zika foram confirmadas em Minas Gerais, e uma suspeita de criança com microcefalia está sendo apurada.

O zika vírus é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti, mesmo transmissor da dengue. Muitas vezes, a doença não manifesta sintomas, o que dificulta o diagnóstico e o tratamento. Por isso, principalmente gestantes devem adotar uma série de cuidados para combater o contágio do vírus e evitar que o feto desenvolva a microcefalia.

criança com microcefalia tem crânio medido

Suspeita de criança com microcefalia em MG

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, foram confirmados os dois primeiros casos de zika vírus em Minas Gerais. Uma gestante de Ubá, na Zona da Mata, e um bebê recém-nascido de Curvelo, na Região Central, contraíram a doença. Ainda é apurado se esse é um caso de criança com microcefalia.

O bebê nasceu em dezembro com a circunferência da cabeça de 32 centímetros, uma das principais características da anomalia. Porém, como a criança teve baixo peso ao nascer, esse perímetro cefálico foi considerado proporcional ao corpo. Novos exames estão sendo feitos para avaliar o caso. 

Além disso, o diagnóstico da mãe da criança ainda não foi concluído. Ela não apresentou sintomas compatíveis com o zika vírus, mas isso é bastante comum, ocorrendo com 80% da população que contrai o vírus.

Até o momento, o estado registrou 55 notificações de possíveis casos de zika associados a grávidas e bebês. Além das duas primeiras confirmações, 17 casos ainda são investigados pela secretaria e o restante foi descartado.

Saiba Mais
Veja dicas para identificar os sintomas da febre Chikungunya
Dengue na gravidez pode infectar o bebê
Zika vírus: especialista responde suas dúvidas

Microcefalia no Brasil

Em boletim divulgado no dia 12 de janeiro, o Ministério da Saúde aponta que já são 3.530 casos registrados de crianças com microcefalia no Brasil, espalhados em 724 municípios de 21 estados do país.

Pernambuco ainda lidera o ranking, com 1.236 suspeitas de criança com microcefalia, representando 35% do total registrado em todo o país. Em seguida, estão os estados de Paraíba (569), Bahia (450), Ceará (192), Rio Grande do Norte (181), Sergipe (155), Alagoas (149), Mato Grosso (129) e Rio de Janeiro (122).

O Ministério da Saúde também alerta para a importância da adoção de medidas para combater o zika vírus, principalmente para gestantes. A principal orientação é reduzir a presença de mosquitos transmissores, eliminando os criadouros em focos de água parada.

Além disso, é importante também prevenir-se da exposição de mosquitos, mantendo portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida e utilizar repelentes permitidos para gestantes.

O que você tem feito para combater o Aedes aegypti? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
zika vírus
minas gerais
epidemia
Pernambuco

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ