Clínica Geral

10/09/2015 07:44 - Atualizado em 10/12/2016 07:56

Escolha o plano de saúde certo para você e sua família

Informe-se sobre as operadoras para garantir uma escolha segura e confiável.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Ter um plano de saúde é uma segurança para emergências médicas. Alguns procedimentos custam caro e, por isso, estar preparado é fundamental. Porém, na hora de escolher o plano ideal, uma série de dúvidas rondam a cabeça do usuário.

O assunto ganhou a mídia após a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) dar início ao Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento. A entidade fiscaliza com rigor prazos de atendimento, cobertura e outros problemas assistenciais das operadoras.

Desde o início do programa, 1.140 planos de 155 operadoras já tiveram suas vendas suspensas por irregularidades.

médico e profissionais do plano de saúde

5 dicas para escolher um bom plano de saúde

Na hora de decidir qual operadora oferece o melhor serviço, é preciso se informar. Se você já se consulta com determinado médico, converse com ele e veja se ele atende por determinado plano. Caso não tenha essa relação com nenhum profissional, confira abaixo algumas dicas simples para garantir a contratação de um bom serviço:

1. Abrangência do plano

É importante que você se informe sobre os locais em que poderá ser atendido pelo plano de saúde escolhido. Alguns possuem cobertura nacional, enquanto outros se restringem ao município. Leve em conta a sua rotina, como se você viaja bastante ou permanece mais em um lugar específico.

2. Valores

As mensalidades diferem bastante de um plano para o outro e de consumidor para consumidor. É preciso ficar por dentro das regras do programa escolhido e tirar todas as dúvidas sobre pagamentos antes de assinar o contrato.

Alguns planos oferecem serviços ilimitados sem valores extras, já outros possuem uma mensalidade mais baixa e um pagamento adicional a cada atendimento (coparticipação).

3. Tipo de plano

Enquanto algumas pessoas já recebem o benefício da empresa onde trabalham, outras precisam buscar por um plano de saúde por fora. É possível encontrar planos familiares ou individuais, dependendo do número de participantes. Você deve levar em conta o tipo de serviço que busca - se ambulatorial, hospitalar ou odontológico, por exemplo.

Saiba Mais
Check-up para todos: crianças, homens e mulheres. Quais exames fazer?
Plano de parto é essencial para a uma gravidez sem preocupações
Parto cesárea deverá ter justificativa médica

4. Sua saúde

Se você já possui alguma condição, é possível negociar diretamente com a operadora as suas alternativas, como pagar mais para ter atendimento imediato. Pode-se conversar, também, sobre um período de carência em que você não utilizará o serviço do plano para procedimentos relacionados à doença.

5. Irregularidades

Em 2015, várias operadoras foram multadas ou proibidas de continuar as vendas por irregularidades. Para garantir um atendimento de qualidade e preço justo, é fundamental que você busque informações sobre a empresa e sua reputação perante os clientes. Além disso, a própria ANS disponibiliza informações do tipo em seu site.

Proteja seus direitos

Segundo a ANS, você deve exigir a cópia do contrato assinado contendo todas as condições de utilização do plano, desde valores até detalhes sobre a cobertura. Esse documento servirá de apoio caso a empresa descumpra algo previsto. Além disso, é dever da operadora oferecer a relação dos profissionais credenciados.

Você possui plano de saúde? Considera um investimento válido? Conte para nós! E aproveite para conferir mais dicas de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
saúde complementar
ANS
exames
saúde preventiva

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ