Dra. Vivian Urbanejo Romero

ESPECIALIDADE

Fonoaudiologia

ONDE ATENDE

Associação Cruz Verde, Consultório particular (Moema/ Campo Belo) e Atendimento em domicílio

Dra. Vivian Urbanejo Romero

Apresentação

Mestre em Ciências da Reabilitação, especializada em Linguagem do Adulto e do Idoso e em Reabilitação Neurológica com experiência na área de transtornos neurológicos adquiridos da fala, linguagem e deglutição;

Atua predominantemente em Unidades de Internação e Ambulatórios de Disfagia e Linguagem, além de grandes centros de referência de São Paulo: Hospital das Clínicas, Centro de Reabilitação da Polícia Militar, Hospital São Camilo, Associação Cruz Verde.

O que Trata

Disfagias neurogênicas, déficits linguístico-cognitivos, afasias, disartrias e apraxia de fala.

Formação Acadêmica

Mestrado em Ciências da Reabilitação, pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo FMUSP (2013); Especialização em Linguagem do Adulto e do Idoso pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo FMUSP (2009); Especialização em Reabilitação Neurológica pela Universidade Federal de São Paulo na Escola Paulista de Medicina UNIFESP (2009); Graduação em Fonoaudiologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo FCMSCSP (2007).

Cargos e Títulos

Mestre em Ciências da Reabilitação na área Comunicação Humana;
Especializada em Linguagem do Adulto e do Idoso, e em Reabilitação Neurológica;
Fonoaudióloga na Associação Cruz Verde;

Docente do Curso de Geriatria do Instituto de Pesquisa e Ensino Médico IPEMED;

Foi supervisora do Aprimoramento Profissional de Fonoaudiologia em Neuro-Geriatria da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo FMUSP.

Clínica Geral

28/10/2015 06:00 - Atualizado em 26/11/2016 01:17

Envelhecimento da voz: conheça tudo sobre o processo e como prevenir a aceleração

A presbifonia, mais conhecida como envelhecimento da voz, pode ser tratada. Veja como lidar com a alteração vocal.

POR

Dra. Vivian Urbanejo Romero

  • +A
  • -A

Quantas brigas você já vivenciou entre casais de idosos por problemas de comunicação? Com certeza inúmeras!

Muito se fala sobre os problemas de audição no envelhecimento, mas você sabia que alterações na voz também podem ocorrer nessa fase da vida? Sim, a voz envelhece e esse processo se chama presbifonia.

Facilmente reconhecemos a voz de uma pessoa com mais de 60 anos, pois ouvimos uma voz mais fraca, com menor velocidade, estabilidade e precisão durante a articulação dos sons.

Algo mais curioso na presbifonia, é que ela se manifesta de forma diferente entre homens e mulheres.

A voz do homem pode ficar mais aguda ou mais “fina” após os 65 anos. Isso acontece devido à atrofia muscular e ao enrijecimento das pregas vocais, popularmente conhecidas como “cordas vocais”. 

Já a voz da mulher pode ficar mais grave ou mais “grossa” no envelhecimento. As mudanças hormonais e a fase pós-menopausa fazem com que as pregas vocais fiquem edemaciadas, ou seja, inchadas o que provoca esse efeito na voz.

Vale lembrar que o estilo de vida e o histórico de saúde de cada pessoa podem influenciar nesse processo.

Saiba Mais
Mudança de voz na menopausa deve ser tratada com fonoaudióloga
Charme? Nem tanto. Quem tem rouquidão se queixa desse problema na voz
Veja 10 cuidados com a voz para preservar a sua saúde

E como podemos prevenir o envelhecimento da voz?

Práticas de canto são excelentes para minimizar a perda de massa muscular vocal, além de propiciar o bem-estar social e cultural do idoso. Assim como a voz, a respiração e a audição também são exercitadas por meio do cantar.

E como tratar?

A terapia vocal com um fonoaudiólogo é indicada nos casos de presbifonia. O fonoaudiólogo é responsável por identificar e auxiliar na eliminação de abusos vocais, ensinar e adequar bons hábitos vocais e desenvolver programas de exercícios para a voz que enfocam respiração, relaxamento da musculatura da cabeça e do pescoço e a coordenação motora da região da boca e da laringe. Desta forma, possibilitamos ao idoso a capacidade de reorganizar sua produção vocal para uma melhor comunicação.

Você gostou do artigo? Deixe seu comentário.

Vivo Mais Saudável.

Informação que faz bem.

TAGS
mudança de voz
presbifonia
fonoaudiologia
envelhecimento da voz

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ

Veja Também