Clínica Geral

07/01/2016 12:00 - Atualizado em 07/12/2016 04:48

Entenda como se prevenir dos diferentes tipos de DST

Doenças sexualmente transmissíveis podem ser causados por parasitas, vírus e bactérias.

POR

Redação

  • +A
  • -A

As doenças sexualmente transmissíveis são enfermidades transmitidas por meio do ato sexual, seja vaginal, oral ou anal. Elas podem ser identificadas pelos seus sintomas mais significativos, como corrimento vaginal e uretral, úlceras e dor pélvica. A seguir, conheça os diferentes tipos de DST e descubra como manter a sua saúde íntima em dia.

3 tipos de DST

Existem diferentes tipos de DST que são causadas por bactérias e vírus. E a identificação dos sintomas é essencial para a escolha do tratamento correto. Confira quais são:

DST causadas por bactéria

São tratadas com o uso de antibióticos específicos. Têm como principais sintomas corrimento vaginal, uretral, úlcera e desconforto na região genital. As doenças mais conhecidas são clamídia, gonorreia, tricomoníase e sífilis. Além de afetar regiões íntimas, podem causar infecções também na boca, garganta, olhos e sistema nervoso central.

DST causadas por vírus

Não existe cura para as enfermidades causadas por vírus - apenas o controle garantido por medicamentos. Os sintomas mais vistos são verrugas, manchas e dores. As doenças sexualmente transmissíveis causadas por vírus são HIV/AIDS, herpes, hepatite B, verruga genital e citomegalovírus.

DST causadas por parasitas

Causam desconforto e podem ser identificadas após um bom tempo de contágio. Os seus primeiros sintomas são quase imperceptíveis. Os piolhos púbicos e sarna, duas enfermidades provocadas por parasitas, são tratados com cremes, loções e shampoos.

Se você vacilou e acabou contraindo alguma dessas doenças, vá logo ao médico. De acordo com o Ministério da Saúde, quando não tratados, os diferentes tipos de DST podem causar complicações graves, como infertilidade, câncer e até a morte.

Saiba Mais
Camisinha feminina é opção na prevenção de DST
Preservativos são vitais para a prevenção de DST e Aids
Rotatividade de parceiros sexuais amplia o risco de DST e Aids

Previna-se das DST

Tenha camisinha

Não importa o tipo, cor e tamanho, tenha sempre um pacote novo de camisinha em sua bolsa ou carteira. Esse método de prevenção é efetivo no controle de doenças sexualmente transmíssiveis. Jamais utilize o preservativo vencido ou reaproveite em mais de uma de suas transas.

Tipos de DST

Faça check-up

Não tenha medo. Ir ao médico é tarefa indispensável para quem quer manter vida sexual saudável. Seja ginecologista ou urologista, esse especialista irá fazer uma série de exames para conferir como você está. Seja sincero e conte tudo. Caso seja indicado algum tratamento, siga-o exatamente como recomendado pelo médico.

Conheça o seu parceiro

Saber quem é que está dividindo a cama com você é essencial. Conheça o seu parceiro e, sempre que possível, façam exames juntos. O uso de camisinha, mesmo em relações estáveis, não deve ser abandonado.

E aí, gostou de saber mais sobre os tipos de DST, seus sintomas e prevenção? Compartilhe e siga curtindo as dicas de saúde do Vivo Mais Saudável.

TAGS
dst
sexo
relacionamento
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ