Clínica Geral

13/05/2015 05:15 - Atualizado em 10/12/2016 02:20

Dores no abdômen podem indicar infecção intestinal

As principais causas do problema são o consumo de alimentos e água contaminados por vírus ou bactérias.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Chamada pelos médicos de gastroenterite aguda, a infecção intestinal é causada por vírus ou bactérias, que podem estar presentes em alimentos estragados ou contaminados. Os principais sintomas são dor abdominal e diarreia. Mesmo que o problema seja facilmente tratável, ainda causa mortes em todo o mundo, principalmente em crianças.

A principal forma de contrair uma infecção é pelo consumo de alimentos ou água que estejam contaminados. Por isso, alguns cuidados na hora de armazenar e preparar os alimentos são fundamentais para prevenir o problema.

infeccao intestinal

Saiba como identificar a infecção intestinal

A infecção intestinal pode ser causada por por uma série de agentes, como bactérias, fungos, parasitas e vírus. A transmissão e o contágio ocorrem por via fecal-oral, ou seja, pela contaminação de alimentos ou da água. A infecção causa digestão de carboidratos, má absorção de nutrientes e inibição da absorção de água.

Os surtos são temporários e ocorrem com mais frequência no verão, podendo atingir tanto crianças quanto adultos. Os sintomas desse problema podem ir aparecendo aos poucos ou surgir de forma repentina. Os primeiros sinais são a dor na região abdominal, diarreia, dor de cabeça, mal-estar e desidratação. Em alguns casos, pode causar também febre.

A infecção intestinal é um problema comum e fácil de tratar. Em geral, não representa riscos de complicações para a saúde, mas pode ser mais grave em gestantes, bebês e idosos. Nessas fases da vida o organismo está mais sensível e o risco de desidratação é maior, o que acaba agravando a situação.

Veja como tratar a infecção intestinal

O tratamento adequado deve ser indicado por um médico, que vai avaliar a situação e recomendar as medidas certas de acordo com a gravidade do caso. O profissional pode prescrever medicamentos e cuidados com a alimentação, além de acompanhar a melhora do paciente, evitando complicações de diarreias agudas.

Uma das principais medidas para tratar quem está com infecção intestinal é corrigir a desidratação, que pode ser via oral ou por via intravenosa. Na maioria dos casos, é indicado beber bastante água e fazer a reidratação oral com soro, que pode ser comprado na farmácia ou feito em casa mesmo.

Durante o tratamento da infecção intestinal, o paciente também deve ter alguns cuidados com a alimentação. É importante fazer refeições ricas em legumes cozidos, carnes grelhadas e frutas. Devem-se evitar alimentos que prendam o intestino, durante os primeiros dias de diarreia, para não manter o agente causador no organismo.

Além de água e soro, água de coco e suco de laranja natural também são ótimas opções para ajudar a fortalecer as defesas do organismo e evitar a desidratação.

Dicas de prevenção para infecção intestinal

- Lavar bem as mãos depois de ir ao banheiro e antes das refeições

- Beber água mineral, filtrada ou fervida

- Ter cuidados com o armazenamento e o preparo dos alimentos. Frutas, verduras e legumes devem ser bem lavados

- Sempre conferir a validade dos produtos para não ingerir alimentos estragados

- Guardar os alimentos em lugares adequados e não deixar os refrigerados muito tempo fora da geladeira, principalmente nos dias mais quentes.

Gostou das dicas? Então deixe um comentário! E não esqueça que você sempre encontra novidades para sua saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
bactérias
contaminação
má digestão
diarreia

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ