Clínica Geral

28/06/2015 02:27 - Atualizado em 07/12/2016 10:36

Dor na planta dos pés pode indicar inflamação

O desconforto intenso pode ser sinal de um problema chamado fascite plantar.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Sentir dor na planta dos pés de forma constante ou com muita intensidade pode ser sinal de algo mais sério que apenas um mau jeito. Chamado de fascite plantar, o problema é causado por estresse excessivo da região, devido a exercícios físicos e outros esforços praticados de forma incorreta, que prejudicam a musculatura da região.

Causas da dor na planta dos pés

A principal causa da dor na planta dos pés é a fascite plantar. Esse problema acontece devido a uma inflamação no tecido chamado fáscia plantar, que fica na sola do pé e conecta o calcâneo (osso que forma o calcanhar) aos dedos.

A fascite plantar ocorre quando há muita tensão ou uso excessivo da fáscia plantar, o que pode provocar dificuldade para caminhar. Os sinais que se manisfestam são dor, rigidez e queimação na sola dos pés.

dor na planta dos pés

Os sintomas costumam piorar em algumas momentos, como pela manhã, ao dar os primeiros passos, após ficar muito tempo em pé, ao subir escadas e depois de atividades físicas intensas.

Alguns fatores de risco contribuem para desenvolver dor na planta dos pés: idade, pois o problema é mais comum na faixa dos 40 a 60 anos; exercícios que submetam o calcanhar ao estresse excessivo, como corrida de longa distância e balé; anormalidades como chato ou pé cavo; obesidade; e calçados inadequados.

O problema não deve ser ignorado e precisa de tratamento adequado. Mesmo que a dor na planta dos pés ocorra apenas às vezes ou com pouca intensidade, é indicado tratá-la para evitar complicações posteriores. Além de dor crônica no calcanhar, a doença pode desencadear outros problemas não só no pé, mas também nos joelhos, no quadril e até mesmo na coluna.

Tratamentos para a dor na planta dos pés

Em geral, o tratamento para fascite plantar é feito com medicamentos e fisioterapia. Os procedimentos são indicados conforme a gravidade de cada caso, que deve ser avaliado por um médico qualificado. Podem ser recomendados analgésicos para aliviar a dor e anti-inflamatórios para diminuir a inflamação.

Além disso, exercícios de alongamento e repouso também ajudam a tratar a dor na planta dos pés. Sapatos apertados, de salto alto, com sola muito macia ou que não ofereçam apoio suficiente para a curvatura do pé devem ser evitados.

O trabalho de fisioterapia pode contribuir com exercícios específicos para acelerar a recuperação, fortalecendo os músculos danificados.

Calçados que ajudem a corrigir a pisada também são uma boa opção para evitar que o problema retorne depois de tratado. O primeiro passo é identificar se a sua pisada é pronada, supinada ou normal. Existem tênis e palmilhas específicos para cada um dos tipos, dando suporte às articulações e músculos, principalmente na hora de praticar exercícios.

Fazer aplicações de gelo algumas vezes por semana também pode ajudar na recuperação e na eficácia do tratamento. Além disso, usar uma proteção no tornozelo, almofadinhas de feltro na área, palmilhas ortopédicas ou talas noturnas para alongar a fáscia plantar lesionada também são opções.

Gostou das dicas de saúde? Deixe um comentário! E aproveite para conferir as novidades do Vivo Mais Saudável para o seu bem-estar.

TAGS
fascite plantar
atividade física
queimação no pé
articulações

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ