Clínica Geral

16/01/2015 10:17 - Atualizado em 19/12/2016 03:53

Doença do beijo: Conheça os sintomas e veja como tratar

A mononucleose, conhecida como a doença do beijo, pode causar cansaço e dores de garganta.

POR

Redação

  • +A
  • -A

doença do beijo é caracterizada por dor de garganta, cansaço e inchaço dos gânglios linfáticos. Vista com frequência em época de festas e Carnaval, a mononucleose afeta mulheres e homens. Com período de incubação de até 45 dias, a doença pode ficar camuflada em seu corpo até apresentar sintomas.

Como a doença do beijo é transmitida?

Provocada pelo vírus Epstein-Barr, a mononucleose é transmitida através do contato direto com a saliva, objetos contaminados e transfusão de sangue. Por ser um vírus, mesmo após o fim do tratamento o indivíduo pode continuar com a doença em seu sangue, podendo passar para os seus companheiros durante a vida toda.

doenca-do-beijo

Sintomas da doença do beijo

Os sintomas da doença do beijo são desconfortáveis e costumam trazer extremo cansaço. Entre as sensações, estão as dores de garganta, fadiga, inchaço dos gânglios linfáticos, tosse, perda da vontade de comer, inflamação do fígado e hipertrofia do baço. Em alguns casos, a doença pode causar febre.

Muito confundida com a amigdalite bacteriana e viral, a doença tem difícil diagnóstico. Para confirmar os casos, é necessário o procedimento chamado Monoteste, no qual o sangue do paciente acometido é retirado e analisado.

Por ser causada por vírus, a doença do beijo não tem tratamento específco. O médico irá indicar apenas medicamento que ajudem na melhora dos sintomas, como os antitérmicos, analgésicos, anti-inflamatórios e muito repouso. A alimentação balanceada e consumo de água também é importante para a melhora do caso.

Após o diagnóstico da doença, os exercícios físicos são proibidos até que a doença seja controlada e o risco do baço e fígado demonstrarem piora sejam descartados.

Principais recomendações

Assim que você começar a sentir os sintomas da doença do beijo, vá ao médico. A consulta será importante para diagnosticar corretamente o problema e aliviar sintomas como o cansaço e a dor de garganta

Jamais compre remédios sem a prescrição médica. Os remédios devem ser comprados após a consulta com o seu médico, que irá analisar o caso e indicar apenas os medicamentos necessários para a sua melhora.

Se o seu amigo ou familiar está com a doença do beijo, tenha cuidado para não ter contato com os seus objetos pessoais. A doença pode ser transmitida até por toalhas.

Lavar as mãos rotineiramente também ajuda a evitar diversas doenças. Após uma dia inteiro de trabalho, lave as suas mãos em casa. Durante o trabalho, use o álcool em gel para evitar problemas.

Prefira sempre alimentos com ricos em vitaminas e minerais. O consumo de pelo menos 2 litros de água por dia é importante para o bom funcionamento do corpo. Lembre-se que refrigerante e sucos não contam como água. O ideal é beber 200 ml a cada meia hora.

Gostou das nossas dicas de saúde? Então deixe um comentário! E não esqueça de curtir nossa página no Facebook para ficar ligado em todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
doença
beijo
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ