Clínica Geral

09/09/2014 04:09 - Atualizado em 01/12/2016 12:50

Dificuldade de leitura é sintoma da vista cansada

Vista cansada costuma aparecer com a idade e não tem cura.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A vista cansada, tecnicamente chamada de presbiopia, é a redução da capacidade de foco da lente do olho, o que dificulta a percepção de objetos próximos ao observador e torna bastante complicada a leitura de jornais e rótulos de embalagem - apenas para citar dois exemplos.

A doença decorre do enrijecimento e da consequente falta de elasticidade dos músculos ciliares, fato que provoca a necessidade de um esforço excessivo para realizar uma tarefa que antes era banal: focalizar objetos próximos ao olho.

Reconhecendo os sintomas da vista cansada

O diagnóstico clínico da vista cansada é relativamente simples para o oftalmologista consultado pelo paciente. Isso porque os sintomas que caracterizam a doença costumam ser bastante específicos e reveladores. É possível citar, como sintomas indicadores da presbiopia:

- Redução da capacidade de foco em objetos próximos

- Visão borrada e embaçada para objetos a uma curta distância do olho

- Dificuldade de leitura de jornais, revistas, rótulos de embalagens e bulas de remédio

- Fadiga ocular

- Dor de cabeça.

vista-cansada


Vista cansada não tem cura definitiva

Da mesma forma que não existe possibilidade real de prevenir ou evitar a doença, também não há cura definitiva para a vista cansada. Os experimentos realizados por pesquisadores e estudiosos da área não resultaram em avanços nesse sentido, de modo que a ciência ainda continua refém da doença, do ponto de vista cirúrgico e preventivo.

Cirurgias experimentais tentaram expandir o espaço onde o cristalino - responsável pelo foco da imagem - se encontra, permitindo assim que ele volte a ter capacidade de acomodação no olho, mas essa medida só foi capaz de adiar o surgimento da presbiopia.

Tratamento envolve uso de óculos ou lentes de contato

Para identificar o tratamento ideal e o tipo de lente adequada para cada caso específico, o médico oftalmologista poderá fazer uso de alguns exames laboratoriais que esclareçam o quadro clínico do paciente, como:

- Exame da retina

- Teste de integridade do músculo

- Exame de refração

- Acuidade visual.

Com o resultado desses exames em mãos, será possível prescrever a lente exata a fim de corrigir o problema. Atualmente, há uma variedade considerável de lentes corretivas, de modo que a definição se dará a partir das expectativas e necessidades das pessoas afetadas pela doença. Uso profissional ou com fins recreativos, por exemplo, implicam decisões diferentes.

Optando por óculos, é necessária a confecção de lentes positivas, multifocais ou progressivas, com o objetivo de convergir as imagens diretamente até a retina. Apesar de todas as lentes para correção da vista cansada buscarem a recuperação visual para perto, nem todas possuem as mesmas características técnicas.

Para quem já apresenta problemas de visão e, por isso, faz uso de óculos, o surgimento da doença pode ser notado como um fenômeno praticamente repentino. Nesses casos específicos, as lentes multifocais geralmente são indicadas, pois permitem uma boa visualização também à distância.

Mais comum a partir dos 40 anos

O processo de enrijecimento dos músculos responsáveis pela contração e dilatação da lente do olho, causador da presbiopia, é natural e inevitável ao ser humano. Por se tratar de uma transformação lenta e gradativa, os primeiros sinais da vista cansada costumam aparecer, na maior parte dos casos, apenas a partir dos quarenta anos.

Dessa idade em diante, é uma situação comum a busca pelo distanciamento do objeto que se pretende focalizar. Assim, você já sabe: quando observar alguma pessoa com idade avançada esticando o braço para afastar objetos de leitura, como jornais, livros, revistas ou rótulos de produtos, terá encontrado um caso típico de presbiopia.

E você, já está com a vista cansada após a leitura deste texto? Deixe um comentário! E não esqueça de ficar ligado na nossa página no Facebook para receber todas as novidades do Vivo Mais Saudável.

TAGS
oftalmologia
visão
saúde

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ