Clínica Geral

27/12/2015 11:00 - Atualizado em 11/12/2016 06:04

Desconfie dos sintomas da febre interna

O termo é utilizado quando uma pessoa sente os sintomas da febre, mas não apresenta aumento da temperatura corporal.

POR

Redação

  • +A
  • -A

A febre interna é, supostamente, um estado febril no interior do corpo que não é identificado pelo termômetro, sem alterar a temperatura da pele. Porém, esse caso não existe. Parte-se do princípio de que toda febre é interna, pois a temperatura aumenta no centro do corpo e é transmitida para a pele, inevitavelmente.

Algumas pessoas entendem como febre interna aquela sensação de calor ou de queimação quando não estão se sentindo bem. Porém, nem todas as vezes esses sintomas indicam que realmente se está em estado febril, principalmente se o termômetro não apresentar o aumento da temperatura corporal. Saiba o que esses sinais podem realmente indicar.

menina com aparente febre interna

O que pode ser a febre interna

Para um problema ser caracterizado como febre, é preciso que o termômetro indique o aumento da temperatura corporal, pois não é possível que a pessoa tenha uma febre restrita ao interior do corpo. Se ela estiver realmente febril, o termômetro irá identificar.

Os supostos sintomas da febre interna, muitas vezes descritos pelas pessoas como uma sensação de calor, são um mal-estar geral e, em alguns casos, feridas na boca. Essas lesões internas ou externas dos lábios são na verdade aftas ou herpes labial, que possuem outras causas.

Em alguns casos, ocorre o aumento da temperatura corporal de forma natural. No primeiro trimestre da gravidez, por exemplo, a temperatura da mulher sofre uma elevação, o que não significa que ela esteja com febre. O mesmo acontece após a ovulação e durante o ciclo menstrual.

Variações de temperatura na ordem de 1ºC, em condições normais, são aceitáveis nessas situações e não são classificadas como febre interna.

Saiba Mais
Febre e dores de cabeça são possíveis reações da vacina HPV
Febre e olhos amarelados podem ser sintomas de pedra na vesícula
Como baixar a febre? Veja 5 dicas para seguir em casa

Como identificar a febre

Os sintomas geralmente associados à febre são arrepios de frio que podem passar a tremedeira, sensação de calor intenso, aumento da transpiração, dores nos músculos e nas articulações, dor de cabeça, fraqueza, apatia, indisposição, falta de apetite, boca seca e desidratação.

A febre geralmente é causada por problemas de saúde como infecções, reações alérgicas, distúrbios hormonais, exercícios físicos intensos, exposição excessiva ao sol, uso de algumas drogas, doenças autoimunes, lesão no hipotálamo (parte do cérebro em que é induzida a febre) e tumores.

Se houver suspeita de febre interna, a única maneira de ter certeza sobre o estado da pessoa é medir a temperatura do corpo com um termômetro. A forma mais comum é colocando o bulbo embaixo das axilas ou na boca, verificando a medição após cinco minutos.

Caso a temperatura corporal estiver entre 37,3ºC e 37,8ºC é considerado que a pessoa está com uma febrícula. Se ela passar dos 37,8ºC já é febre. A temperatura do corpo considerada ideal varia entre os 36ºC e os 36,7ºC.

Tirou suas dúvidas sobre febre interna? Deixe um comentário! E aproveite para conferir outras dicas de saúde aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
estado febril
temperatura corporal
mal-estar
sintomas

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ