Clínica Geral

23/12/2015 01:00 - Atualizado em 09/12/2016 02:12

Desânimo pode ser sintoma de doenças graves

Cansaço extremo, desinteresse e falta de foco são sinais preocupantes.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Sentir-se cansado de vez em quando é natural. A rotina agitada acaba, em algum momento, atingindo a todos. Porém, desânimo contínuo e excessivo pode ser um sinal do corpo para indicar que algo não está bem com a sua saúde.

Agenda atribulada, responsabilidades e preocupações do dia a dia tendem a deixar qualquer um cansado. Porém, essa sensação tende a melhorar após uma boa noite de sono ou um fim de semana tranquilo. Quando isso não ocorre, vale ir ao médico e investigar. Saiba por quê.

turma com desânimo na classe

Desânimo constante não é normal

Épocas como fim de semestre na faculdade, por exemplo, tendem a ser mais cansativas. Não é porque você se sente menos disposto hoje esteja doente. Entretanto, aquelas pessoas que acordam cansadas diariamente, não se sentem motivadas para realizar as tarefas do dia ou não querem conversar ou participar de atividades precisam ter atenção.

O cansaço e a apatia constantes podem ser sinal de diversas doenças. Entre as mais comuns, estão estresse, depressão, hipotireoidismo, anemia, carência de vitaminas, doenças cardiovasculares, infecções, distúrbios do sono e até tumores. É importante identificar até onde esse desânimo é normal.

Alimentação

Fique atento à sua alimentação, pois uma dieta desequilibrada, com excesso de gorduras e açúcares, podem influenciar no seu humor. Quando o corpo não recebe energia suficiente, costuma desacelerar, aí sensação de fadiga ataca mesmo. Por isso, aposte em alimentos ricos em vitaminas variadas e minerais como o ferro.

Falta de sono

Se o cansaço costuma surgir logo cedo da manhã, repense seus hábitos de sono. Você tem dormido pouco? O quarto é ventilado? Desligue aparelhos eletrônicos e aposte em cortinas para escurecer o ambiente e desfrutar de mais qualidade na hora do descanso.

Doenças

Doenças cardiovasculares ou pulmonares, diabetes e hipotireoidismo tendem a vir acompanhadas de vários sintomas - entre eles, o desânimo.

Saiba Mais
Fadiga pode ser crônica: Veja como tratá-la
Fique atento: Acordar cansado pode ser indicativo de doença
Confira 9 maneiras infalíveis de descansar a mente

Desacelerar é preciso

Por mais que sua vida profissional ou pessoal exija comprometimento e empenho, o corpo humano precisa de descanso. Para mandar o desânimo embora e desfrutar de mais qualidade de vida, trouxemos algumas dicas simples para serem inseridas no dia a dia.

Faça exercícios

As atividades físicas contribuem para a liberação de hormônios que refletem diretamente no humor e nos níveis de ansiedade. Além disso, ajudam a melhorar a qualidade do sono e as funções cognitivas.

Respire fundo

O dia está muito estressante? Saia da sala, dê uma caminhada e permita-se respirar fundo por cinco minutos. Decisões tomadas de cabeça quente viram novos problemas mais adiante.

Liste as tarefas

Quando os compromissos parecem não tem fim e você não estiver conseguindo organizar tudo, pare e faça uma lista de afazeres. Assim, você pode priorizar suas atividades em ordem de importância.

Beba um copo d'água

Para driblar o estresse de um dia atribulado, faça uma pausa para beber uma xícara de chá ou uma água geladinha. Aproveite para fazer um alongamento e relaxar.

Se o desânimo persistir, procure auxílio médico. Você não precisa conviver com esse desconforto.

Não se esqueça de nos contar o que você achou do artigo! Aproveite, ainda, para conferir mais dicas de saúde e bem-estar aqui no Vivo Mais Saudável.

TAGS
sintomas
fadiga
cansaço
estresse

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ