Clínica Geral

05/05/2017 05:47 - Atualizado em 26/06/2017 01:58

Cortar o glúten da dieta pode causar doenças no coração

Entenda por que não se deve cortar a proteína sem recomendação médica

POR

Redação

  • +A
  • -A

Nos últimos tempos, o glúten ganhou status de vilão de quem busca o emagrecimento e começaram a surgir diversas dietas que têm como foco eliminar a proteína da dieta. No entanto, a substância presente em alimentos como o trigo não deve ser tirado por completo da rotina alimentar, a não ser em casos de pessoas que sofrem de doença celíaca ou possui intolerância à ela.

E um estudo publicado essa semana na revista científica BMJ mostrou fortes argumentos para isso. Segundo a pesquisa, a deficiência dessa proteína em nosso organismo pode ajudar a desenvolver problemas como a diabetes e doenças cardíacas.

Entenda o estudo

Cientistas da Massachusetts General Hospital e da Universidade Harvard, ambos nos Estados Unidos analisaram que pessoas que eliminam o glúten do cardápio acabam reduzindo da dieta alimentos ricos em fibras, como grãos integrais. E essas substâncias são essenciais para a saúde cardiovascular, além de acelerar o metabolismo. Inclusive, as fibras são aliadas de quem deseja perder peso, uma vez que conferem uma maior sensação de saciedade. E isso faz com que demore mais para sentir fome e, por consequência, emagreça.

Para chegarem à conclusão sobre a relação entre as doenças cardiovasculares e o glúten, os estudiosos analisaram dados de 64.714 mulheres e 45.303 homens sem histórico de doença coronária. Esse foi um estudo longo, que teve início em 1986, quando os voluntários responderam questões relacionadas aos seus hábitos alimentares. Até 2010, eles fizeram atualizações a cada quatro anos sobre o tema. A partir dessas respostas os cientistas puderam perceber as alterações em relação aos quadros de quem cortou o consumo de glúten por conta própria.

Embora os pesquisadores assumam que ainda é necessário que se façam mais estudos para concluir a relação entre o corte da proteína e as doenças cardiovasculares, eles alertam para que as pessoas não retirem da dieta alimentos que contenham o glúten, sem uma consulta médica prévia. Apenas o nutricionista ou o médico poderá indicar as melhores alterações na sua rotina alimentar, respeitando o seu perfil, necessidades e objetivos.


Para outras dicas de saúde, não deixe de acompanhar o Vivo Mais Saudável!

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ

Veja Também