Clínica Geral

27/02/2016 12:00 - Atualizado em 03/12/2016 06:38

Cor das fezes pode apontar problemas de saúde

A aparência e até o cheiro do cocô costumam indicar alterações no organismo.

POR

Redação

  • +A
  • -A

Se você não analisa o seu cocô antes de puxar a descarga, é melhor deixar o nojinho de lado. Ficar de olho no formato, na consistência, no tamanho, no odor e na cor das fezes é uma forma de identificar e até prevenir doenças.

Compostas por aproximadamente 75% de água, além de restos de alimentos, bactérias e muco do intestino, as fezes devem seguir um padrão. Isso mesmo! Se o seu cocô está amolecido, com tonalidade que foge ao considerado normal e com cheiro forte, talvez seja hora de procurar um médico. A seguir, confira o que cinco tons podem indicar.

médica e paciente falam sobre cor das fezes

Fique de olho na cor das fezes

Dependendo da cor das fezes, é possível identificar diferentes problemas de saúde. Acompanhe:

Fezes amarelas

Podem indicar que o seu organismo está com dificuldade para absorver a gordura consumida nas refeições. Esse problema pode ser causado pela doença celíaca, como é chamada a intolerância ao glúten, mas também por infecções intestinais ou por alterações no pâncreas. O cocô ainda pode ter cheiro forte e flutuar.

Fezes verdes

Se o seu organismo está acelerado - até demais -, a cor das fezes pode ficar assim. Essa tonalidade surge por conta da bile, fluido produzido pelo fígado, que não é totalmente digerida. Também pode acontecer em fases de estresse alto, por conta da síndrome do intestino irritável, devido ao uso de suplementos de ferro ou quando você consome quantidades altas de vegetais e folhas verdes.

Fezes vermelhas

Podem indicar até mesmo câncer. As fezes ficam vermelhas por causa do sangue contido nelas - e sangramentos nunca são um bom sinal. Essa cor pode aparecer por conta de hemorroidas, infecções, problemas inflamatórios e doenças mais graves. Porém, não se desespere logo de cara. Se você comeu muita beterraba no dia anterior, também pode largar dejetos avermelhados.

Fezes escuras

Normalmente vêm com odor forte. Podem ser causadas por sangramentos ao longo do sistema digestivo. O uso de suplementos à base de ferro também pode ser uma das causas.

Fezes claras

Também acontecem devido à dificuldade do organismo de digerir gordura. Podem ainda ser causadas por doenças no fígado ou por vias biliares.

Afinal, como é o cocô perfeito?

Pode até parecer estranho classificá-lo dessa maneira, mas observar o aspecto, o formato e a cor do cocô é realmente importante para a saúde. As fezes saudáveis não devem flutuar, por exemplo. O bolo fecal costuma ter formato cilíndrico ou alongado, odor suportável, tonalidade acastanhada e consistência levemente pastosa.

Já o número de idas ao banheiro depende apenas da qualidade da sua alimentação. Quanto mais rica em fibras e em líquidos, mais saudáveis e frequentes serão as visitas à "casinha". Algumas pessoas costumam evacuar até três vezes ao dia, enquanto outras fazem cocô apenas uma vez a cada três dias. Qualquer alteração nesse ritmo deve ser analisada pelo seu médico.

Tirou suas dúvidas? Então aproveite para compartilhar o artigo em suas redes sociais! E continue ligado nas dicas de saúde do Vivo Mais Saudável.

TAGS
cocô
sangramento
gordura
bile

Comentários

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

SERVIÇOS PARA VOCÊ